Spotify: “Because we’re for music”


O Spotify lançou esta semana a sua primeira campanha publicitária. Intitula-se “For Music”, foi criada pela conceituada Droga5, de Nova Iorque, e pretende apresentar o serviço de streaming de música a um público mais vasto. A campanha – integrada – incluí televisão, imprensa e social media.

Definir música não é fácil, mas o Spotify fê-lo nesta sua campanha, que teve início no intervalo do The Voice no canal NBC e que apresentou o serviço ao mainstream norte-americano.

Logo no primeiro anúncio televisivo, intitulado, “For Music”, o Spotify apresentou um manifesto em que é revelado a importância da música na vida das pessoas.

“It’s been said that the best songs don’t give answers but instead ask questions. So, why? Why does music stop us in our tracks? Dictate if we pump a fist or swing it? Why can a song change the world? Because music is a force. For good. For change. For whatever. It’s a magnifying glass. A bullhorn. A stick in the gears and the tools to fix it. Because music is a need. An urge to be vindicated. It’s bigger than us. It lives inside us. Because we were all conceived to a 4:4 beat. Because music can’t be stopped. Can’t be contained. It’s never finished. Because music makes us scream ‘Coo coo ca choo’ and mean it. Because music is worth fighting for. Why? Because it’s music.”

O anúncio, concretizado em versões de 30, 60 e 90 segundos, mostra num ambiente escuro uma multidão a transportar um indivíduo, indicando que a música consegue dar-nos liberdade individual e ao mesmo tempo unir todos nós.

A campanha incluí outros três anúncios televisivos que comunicam a universalidade da música e como ela exerce um poder particular em cada um de nós. Assente em metáforas, o texto defende que as melhores músicas não nos dão respostas, mas fazem perguntas. Os quatro spots  não usam uma banda sonora específica e recorrem ao tom emotivo.

Em Portugal desde Fevereiro deste ano, o Spotify é o maior serviço de streaming de música do Mundo. Oferece uma biblioteca com mais de 20 milhões de músicas, que podem ser ouvidas gratuitamente no computador com anúncios, por 3,49 euros/mês sem anúncios com computador ou por 6,99 euros/mês sem anúncios no computador e no mobile (smartphone e tablet). Na primeira semana, os portugueses ouviram no Spotify cerca de 3 milhões de músicas.