Uma mensagem que só as crianças lêem


A agência Grey criou para a Fundación ANAR um anúncio em mupi com duas mensagens: uma destinada aos adultos e uma outra às crianças, que só estas podem ler. Os adultos aprendem que o abuso infantil é, por vezes, apenas visível pelas crianças que sofrem dele; e estas, as crianças, ficam a saber que existe um número de telefone que as pode ajudar em situação de maus tratos.

Um mesmo outdoor exibe duas mensagens distintas, uma delas destinada aos adultos, outra que só as crianças conseguem ver. Tal é possível graças a um efeito lenticular, que torna o anúncio diferente de acordo com o ângulo de visão. Uma criança de 10 anos, cuja altura média, em Espanha, é 1,35 metros, perspectiva de um ponto inferior o outdoor comparativamente a um adulto, que tem, em média, 1,75 metros de altura, e que, por isso, o vê de um ponto mais superior; criam-se, assim, naturalmente dois ângulos de visão, permitindo que um mesmo mupi tenha duas mensagens.

O outdoor mostra uma criança perfeitamente normal, com o texto “às vezes, o abuso infantil é apenas visível pelas crianças que sofrem dele”. Uma criança, vendo o outdoor do seu ângulo de visão (isto é,dde baixo), já não vê a criança perfeitamente normal, mas sim uma criança maltratada e o texto “se alguém te magoa, liga-nos que nós ajudar-te-emos”, associado ao número de telefone 116 111. Desta forma a criança recebe a mensagem, que não está acessível ao seu agressor e/ou progenitor.

O número 116 111 pertence à Fundación ANAR e está aberto a denúncias anónimas de crianças e adolescentes vítimas de maus-tratos.