Concentrados na sua vida digital


 
O Shifter precisa de dinheiro para sobreviver.
Se achas importante o que fazemos, contribui aqui.

Patrick Witty é editor de fotografia na revista TIME e, desde Março, documenta no seu Instagram (@patrickwitty) passageiros do Metro de Nova Iorque embrenhados nos seus smartphones, concentrados nas suas vidas digitais.

Patrick Witty estava a caminho do trabalho e sentou-se, no Metro, em frente a uma mulher com “um cabelo incrível, uma explosão de cor e de textura e uns auscultadores brancos”, contou o próprio no blogue do Instagram; e decidiu fotografá-la. Essa foi o primeira de uma série que já conta com mais de 50, 50 retratos de pessoas de cabeça baixa.

Nas fotos, as pessoas parecem adormecidas, mas, na verdade, elas estão perdidas nos seus smartphones e tablets. “E eu estou a fazer exactamente a mesma coisa. De certa forma também são auto-retratos”, confessa Patrick Witty. Fica a dúvida: estaremos mais preocupados com as nossas vidas digitais do que com o mundo que nos rodeia?

O Shifter precisa de cerca de 1600 euros em contribuições mensais recorrentes para assegurar o salário aos seus 2 editores. O teu apoio é fundamental!