Os cartazes do Coachella


Nunca um festival foi tão amigo do sol do deserto como este é. O Coachella Valley Music and Arts Festival, Coachella para os amigos, realiza-se em Indio, cidade localizada no sul da California, e promete a todos os visitantes três dias de música e arte, rodeados pelo sol, pelo ambiente e pelas paisagens típicas do deserto californiano.

Apesar de ser hoje em dia um dos maiores festivais dos Estados Unidos, e provavelmente o festival com mais reconhecimento no estrangeiro, o seu início não foi fácil.

A primeira edição, que teve lugar em 1999, contou com 10 mil pessoas ao longo de dois dias e teve como cabeças de cartaz os The Chemical Brothers, Beck, Tool, Morissey, e Rage Against The Machine. Em 2000, devido a problemas financeiros e à falta de um headliner, o festival não se realizou. Voltou em 2001, para uma edição de apenas um dia, consequência de um orçamento reduzido, e, apesar das dificuldade em arranjar um cabeça de cartaz, foram os Jane’s Addiction a fechar o palco principal nesse ano.

A partir de 2003 o festival começou a crescer e a ganhar reconhecimento dentro e fora do país, e em 2004 esgota pela primeira vez.

Actualmente, o Coachella conta com mais de cinco palcos e com uma história repleta de cartazes ecléticos, com nomes que vão desde o rock e o indie até ao hip hop e à música electrónica. Os concertos podem ainda ser vistos no Youtube, em directo, sendo que é feito um livestreaming do festival, dando oportunidade a todos os fãs que não se podem deslocar até ao festival, ou que não conseguiram bilhete, de assistir aos concertos.

Para 2014, o festival conta com Arcade Fire, Muse e os recentemente reunidos OutKast como cabeças de cartaz e bandas como Queens of the Stone Age, Disclosure, Skrillex, Pharrell Williams, The Knife, ou a mais recente sensação pop, Lorde.