“Eu sou uma Ucraniana”


 
O Shifter precisa de dinheiro para sobreviver.
Se achas importante o que fazemos, contribui aqui.

Existe um novo vídeo viral e foi concebido para mostrar a vontade do povo ucraniano. O vídeo, lançado no passado dia 10 de Fevereiro, conta já com mais de 3 milhões de visualizações, mas não deve ficar por aqui.

A mensagem não podia ser mais clara e a verdade é que provoca mesmo um nó no estômago. Não há melhor descrição do que o próprio vídeo e o melhor a fazer é vê-lo.

No vídeo surge uma ucraniana a explicar que é nativa de Kiev e quer passar a mensagem de milhares de pessoas que estão a lutar nas ruas da capital ucraniana. “Queremos ser livres da ditadura, livres dos políticos que só zelam pelos seus interesses”, percebe-se num inglês carregado de sotaque, mas ainda mais de sentimento.

Acaba mesmo por dizer que não saberá se no dia seguinte terá telefone ou internet e que assim ficarão sozinhos, e quem sabe serão mesmo mortos uns atrás dos outros. Acompanhando o testemunho surgem inúmeras imagens chocantes mas que nos mostram bem a situação do país de leste.

No final, apela para que se mostre o apoio, que as pessoas se movam contra a injustiça, para que os ucranianos não sejam esquecidos.

Este vídeo demonstra que para ser viral não é preciso ser algo engraçado ou surreal. As vontades e os interesses das pessoas são fulcrais. Nada tem maior relevo, ainda por mais no mundo digital, que uma boa ideia, que uma boa mensagem, contada no modo certo.

Se não conseguirmos aumentar o número de patronos, a 2ª edição da revista será a última, e o Shifter como o conheces terminará no final de Dezembro. O teu apoio é fundamental!