Este é o HTC One M8


O HTC One foi um sucesso, tendo sido considerado por muitos o melhor smartphone de 2013. Agora tem um sucessor. Chama-se HTC One M8 e foi apresentado ontem. Uma das principais novidades é a capa Dot View, que, para além de proteger o telefone, permite ao utilizador ver as notificações e consultar as horas.

O HTC One M8 é o novo topo de gama da empresa de Taiwan. Com um design parecido com o do seu antecessor, o M8 apresenta novidades ao nível da câmara e da interface. A primeira chama-se agora DuoCamera; mantém o sensor Ultrapíxel de 5 mepapixeis, mas agora é auxiliado por um sensor de profundidade, que permite edições de fotografia mais profissionais – como desfocar o fundo ou refocar um elemento da imagem. Quanto à interface, o M8 estreia o novo Sense 6.

O HTC One M8 continua a ser um bloco único de alumínio, conferindo-lhe um estatuto premium. As teclas de navegação deixaram de ser físicas, passando a virtuais. O ecrã é ligeiramente maior; tem cerca de 5 polegadas e é Full HD. O processador é de quatro núcleos a 2,3 Ghz, a RAM é de 2GB e o armazenamento interno pode ser expandido através de microSD até 128 GB. Tem suporte para redes LTE, tecnologia NFC e vem equipado com o Android 4.4 Kit Kat.

O HTC One M8 está já disponível nos EUA com o Android adaptado pela HTC. Mas existe ainda em Google Play Edition com Android nativo na Play Store da Google.

htc_onem8_dotview

O HTC One M8 pode ser usado com a capa Dot View, que basicamente protege o telefone e coloca nele alguma informação útil, como notificações, horas e meteorologia (faz-nos lembrar o YotaPhone). No fundo, o Dot View permite ver alertas de chamadas perdidas ou de mensagens não lidas, atender ou rejeitar chamadas, verificar e-mails não respondidos e ignorar lembretes do calendário. A informação é apresentrada num conjunto de pontos, o que confere um ar retro e engraçado à coisa. A capa custa cerca de 50 dólares.