Microsoft coloca Office no iPad


Foi o primeiro evento público de Satya Nadella enquanto CEO da Microsoft. E não ficará esquecido: Nadella anunciou esta quinta a tão aguardada chegada da suite Office ao iPad. As três apps – Word, PowerPoint e Excel – são gratuitas para visualização de ficheiros.

officeipad_overview

O Office já estava disponível no iPhone, mas foi agora expandido para o iPad. A visualização de documentos de texto Word, de folhas de cálculo Excel e de apresentações PowerPoint é gratuita. O mesmo já não se pode dizer da edição: é requerida a assinatura do Office 365, que custa 9,90 euros por mês. Contudo, no iPhone quer a edição são agora gratuitos, talvez por um ecrã de 4 polegadas não ser de todo o mais indicado para alterar uma folha de Excel ou fazer uma apresentação PowerPoint.

Os ficheiros Office poderão ser guardados localmente no iPad ou na cloud através do OneDrive, ficando desta forma disponíveis multi-plataforma. Isto permite, por exemplo, começar um documento Word no Windows do escritório, continuá-lo no autocarro e fazer últimas alterações no sofá de casa.

officeipad_onedriveintegration

O Office no iPad existe na forma de 3 apps: Word, Excel e PowerPoint. As 3 partilham a mesma linguagem gráfica, com um design flat muito agradável e animações suaves, que encaixam na perfeição no iOS 7 da Apple, sem perder a identidade Metro da Microsoft. Todas as apps parecem pormenorizadamente bem pensadas, dos botões aos ícones, sem esquecer as cores e os menus.

O Office está integrado com a funcionalidade “Open in” da Apple. Quer isto dizer que é possível abrir ficheiros .doc,.xls e .ppt no Office a partir de outras apps. A suite parece poderosa, e pode ser usado para a maior parte das tarefas. Obviamente que ferramentas mais complexas não estão disponíveis no iPad, mas ainda assim praticamente tudo está.

A ideia de ter o Office no iPad pode ser interessante para quem utiliza os produtos da Microsoft, como o Windows. A Apple tem a suite iWork que é bem mais sofisticada que o Office da Microsoft, funcionando quer no iOS, que no OS X, quer no Windows através do iCloud.com. Existe também o QuickOffice da Google, ou até mesmo o próprio Google Drive – que, à semelhança do iWork, são gratuitos.

nadella_keynote_office