Foursquare irá dividir-se em duas apps: uma chamada Foursquare e a outra Swarm


Por mais incrível que pareça o Foursquare enquanto app deixará de ter check-ins. Esta funcionalidade passará inteiramente para uma nova app que a empresa está a ultimar, denominada Swarm. A main app Foursquare servirá daqui adiante unicamente para pesquisar e encontrar locais.

Na essência, o Foursquare irá dividir-se em dois: o Foursquare para pesquisa de locais interessantes; e o Swarm para check-ins e partilha da localização com os amigos. É uma mudança arriscada e agressiva, parece-nos, que pode criar alguma confusão junto dos utilizadores actuai.

“As pessoas dizem-nos que usam o Foursquare para duas coisas: para saberem onde estão os amigos e se encontrarem com eles; e para descobrirem novos locais. Mas parece que cada vez que abrem a app fazem apenas uma dessas coisas. Em casa, pesquisam por um restaurante para jantarem. Depois do jantar, procuram que amigos estão por perto. É por isso que hoje anunciamos que vamos dividir essas duas experiências em duas apps: o Foursquare, e uma nova chamada Swarm.” (a equipa do Foursquare)

Swarm ainda não está disponível, mas roubará alguma inspiração ao instant messaging. Se neste sabemos quando os nossos amigos estão online e offline, no Swarm saberemos quando eles estão perto e longe. Quando um amigo estiver na mesma zona que nós, o Swarm permitirá entrar em contacto com ele para nos encontramos.

O Swarm quer substituir os SMS do tipo “onde estás?” ou “o que fazes hoje à noite?”. Quer ser o mapa que nos diz onde estão os nossos amigos e o que eles estão a fazer em tempo real. A ideia é de longe nova: o Facebook tem o mesmo objectivo com o Nearby Friends, e a Apple também já o tentou com o Find My Friends (isto para não falar de inúmeras outras empresas e startups).

O Swarm chegará nas próximas semanas ao iOS e Android, e mais tarde ao Windows Phone, promete o Foursquare.
swarm_byfoursquare

A main app do Foursquare – intitulada, precisamente, Foursquare – será, por seu lado, reformalada. Os check-ins sairão (porque passam a ser o território do Swarm. A app passará a servir para pesquisarmos locais (restaurantes, cafés, discotecas, lojas, jardins públicos, museus, monumentos…). Será uma pesquisa social, adaptada aos nossos gostos e às opiniões das das pessoas em que confiamos, sejam elas os nossos amigos ou figuras públicas/líderes de opinião.

A equipa do Foursquare está a finalizar a sua nova main app, para que ela nos diga qual o melhor sítio para jantar e não apenas qual o sítio para jantar mais próximo.

Esta divisão do Foursquare em dois é estranha, mas pode ser um big win para a empresa. O Foursquare sabe hoje onde estivémos, quantas vezes estivémos em determinado local, aquilo de que gostamos, aquilo de que os nossos amigos gostam, etc. E continuará a sabê-lo através do Swarm. Todos estes dados são ouro para a plataforma se afirmar como o “Google dos locais”, sejam eles restaurantes, bares ou qualquer outra coisa.

Porque o Foursquare tem um problema. Por que motivo quero uma app para fazer check-ins? É dessa forma que o Foursquare é visto: serve para fazer check-ins, ponto! Ninguém se lembra de ir ao Foursquare saber onde jantar ou que monumento visitar. Todavia, este update pode tornar o Foursquare finalmente relevante. Por um lado, os check-ins passam a ter um objectivo: Swarm = localizar os nossos amigos. Por outro, a app Foursquare passa a servir como guia de cidade/vila/o que for.

Estamos curiosos quanto a este Foursquare+Swarm. É aguardar a actualização das apps!