Microsoft apresenta Surface Pro 3, um tablet para substituir o computador portátil


A Microsoft apresentou ontem, em Nova Iorque, o Surface Pro 3, um tablet desenhado para substituir o tradicional computador portátil. A ideia da empresa é esbater ainda mais a linha entre computadores e tablets, removendo a dúvida sobre qual aparelho comprar.

“Este é o tablet que pode substituir o vosso portátil”, disse o rosto do Surface, Panos Panay, na conferência de imprensa. Panay referiu ainda que, ao entrarem numa loja, os clientes ficam indecisos entre que tipo de aparelho comprar e afirmou que o objectivo deste novo Surface é resolver esse problema.
surfacepro3_foto1

surfacepro3_foto2

Com um design elegante, em tons de cinzento e preto, o Pro 3 apresenta uma espessura de apenas 9,1 mm, um ecrã HD de 12 polegadas com um aspect ratio de 3:2, e o último dos processadores Core i7 da Intel.

“Este é o tablet que pode substituir o vosso portátil”

Para além de ser mais fino que os dois Surface Pro que a Microsoft já pôs no mercado desde 2012, é muito mais leve, pesando apenas 800 gramas. O peso dos Surface era um dos principais pontos fracos destes, parece que a Microsoft já resolveu o problema.

O Surface Pro 3 tem um aspecto semelhante ao Pro e ao Pro 2, com novidades destinadas a atrair os utilizadores interessados em usá-lo como instrumento de trabalho. O suporte traseiro permite agora colocar o aparelho numa superfície em vários ângulos, consoante se quer um uso mais de tablet ou um uso mais de portátil. Tal como nos modelos anteriores, pode ser acoplado ao Pro 3 um teclado, que nesta geração é maior.

Na conferência em Nova Iorque, a Microsoft chamou a Adobe ao palco para mostrar uma nova versão touch do Photoshop para Windows. O update ainda não está, todavia, pronto para o consumidor.

surfacepro3_adobe

Tal como nos dois Surface Pro que a Microsoft já pôs no mercado desde 2012, o sistema operativo é o mesmo Windows que foi desenvolvido para computadores. Desta feita, a empresa optou por não apresentar nenhum modelo com a versão Windows RT, um sistema operativo mais limitado e que é usado em modelos concebidos para funcionarem como tablets puros e não aparelhos híbridos.

O Surface Pro 3 custa a partir de 799 dólares (versão Core i3). Com Core i5, fica a 999 dólares. E com Core i7, o mais poderoso, o preço é de 1 549. Chega aos EUA em Junho, a Portugal em Agosto.

Nos últimos anos, as vendas de computadores têm vindo a cair, com o interesse dos consumidores a voltar-se para tablets e smartphones. A Microsoft tem tido dificuldades a adaptar-se a esta mudança de paradigma.