Este homem trabalha na NASA. A função dele é cheirar coisas


 
O Shifter precisa de dinheiro para sobreviver.
Se achas importante o que fazemos, contribui aqui.

É um dos funcionários mais antigos da NASA. Chama-se George Aldrich e trabalha na agência espacial há mais de 40 anos. A sua função: cheirar tudo o que está prestes a ir para o espaço. E, apesar de aparentemente descabida, esta é uma das etapas mais importantes na preparação das missões espaciais tripuladas.

Como no espaço os astronautas não têm a oportunidade de abrir as janelas para arejar o ar dentro das cápsulas espaciais, é da maior importância a escolha dos materiais levados para o espaço e respectivos odores, para que não coloquem em risco a olfacto e a saúde dos cosmonautas.

George Aldrich faz questão de garantir que não sofre de qualquer distúrbio. Mas a verdade é que o cientista utiliza cerca de 400 receptores nasais, detectando mais de 10 mil cheiros diferentes com uma instantaneidade que apenas 40 anos de trabalho conseguem conceder.

Nas últimas décadas, Aldrich já realizou mais de 800 missões de cheiro para a NASA. E o seu nariz, digno de um qualquer herói da Marvel, já lhe valeu vários prémios, entre eles, um Silver Snoopy.

O Shifter precisa de cerca de 1600 euros em contribuições mensais recorrentes para assegurar o salário aos seus 2 editores. O teu apoio é fundamental!