Google junta-se à farmacêutica Novartis para comercializar as suas lentes de contacto inteligentes


As lentes de contacto inteligentes da Google, que permitem aos diabéticos medir os níveis de glicose no sangue, já não são um simples projecto de pesquisa. A Google e a gigante farmacêutica suíça Novartis juntaram-se para comercializar o produto.

Numa primeira fase, as lentes de contacto inteligentes da Google terão como público-alvo as pessoas que sofrem de diabetes e de miopia. Nesse sentido, as lentes não só permitirão medir os níveis de glicose no sangue através da lágrima, como também corrigir a visão das pessoas com presbiopia, isto é, dificuldade em ver ao perto, frequentemente designada por “vista cansada”.

As lentes são compostas por pequenos sensores, chips e antenas, comunicando via wireless com um telemóvel ou qualquer outro dispositivo móvel.

googlesmartlens

Nem a Google nem a Novartis revelaram ainda a data de chegada ao mercado destas lentes de contacto inteligentes. Ainda há muito caminho para percorrer, certamente. Todavia, este é já um passo muito significativo.

“Estamos ansiosos por trabalhar com o Google para juntar a tecnologia avançada deles com o nosso extenso conhecimento de biologia”, afirmou, em comunicado, Joseph Jimenez, o CEO da Novartis. “Este é um passo fundamental para irmos além dos limites da gestão tradicional de doenças”. Sergey Brin, co-fundador do Google, também se mostrou entusiasmado com esta parceria: “O nosso sonho é usar a mais recente tecnologia de miniaturização electrónica para ajudar a melhorar a qualidade de vida de milhões de pessoas.”

Fonte: comunicado de imprensa