Mark Zuckerberg dá à população da Zâmbia acesso gratuito a serviços básicos de Internet


85% das 5 mil milhões de pessoas sem acesso ao online simplesmente não consegue comprar planos de dados. E isso aos olhos de Mark Zuckerberg é um problema, pois, diz ele, há um serviço básico de Internet que deve ser universal e gratuito. Por isso, o Facebook lançou, através do projecto Internet.org, uma app que permite usar o Facebook, o Facebook Messenger, a Wikipédia, o AccuWeather e o Google Search, entre outros serviços, de forma totalmente gratuita.

internetorg_app

Nesta primeira fase, a app está disponível unicamente na Zâmbia, através de uma parceria com a operadora local Airtel. O objectivo seguinte é arranjar mais parceiros, primeiro no continente africano, e depois no Mundo fora. A app Internet.org foi feita para Android, mas os detentores de telemóveis básicos (os feature phones) podem aceder na mesma aos serviços navegando no site do projecto.

O Internet.org surgiu devido à dificuldade de acesso à internet em todo o Mundo, no qual se estima que apenas 30% da população tem acesso à mesma. A proposta do Facebook é fornecer os serviços básicos, que darão a possibilidade a qualquer pessoa de entrar no mundo virtual e explorar todo o potencial bem-conhecido do mesmo, ajudando, por exemplo, na procura de emprego e informação sobre saúde.