Os sinais de trânsito não precisam de ser complicados


Depois apanhar multas em Los Angeles por estacionamento indivíduo, Nikki Sylianteng, uma designer que agora está a viver em Brooklyn, concluiu que o problema se calhar não era dele, mas da sinalização que identifica os estacionamentos. Nesse sentido, Sylianteng decidiu apresentar uma proposta de redesign dessa mesma sinalização.

Não sabemos se estás familiarizado com a sinalética de estacionamento norte-americana, mas a verdade é que ela pode ser bem confusa: demasiado texto, muita informação, desorganização gráfica…

sinalestacionamentoredesing_01

Sylianteng decidiu criar uma sinalética mais gráfica, pondo de parte o texto. E parece ter conseguido. A designer organizou em blocos coloridos o tempo em que é permitido o estacionamento e o tempo em que não é permitido o estacionamento; mas manteve as cores verde e vermelha e o formato rectangular da sinalização actual. “A minha intenção com este redesign foi mostrar a diferença que uma abordagem pensada e low cost, ainda que conservadora, pode fazer em termos de tempo e de diminuição do stress junto do condutor”, explica Sylianteng na página do projecto.

two-step-copy

Nikki Sylianteng espalhou a sua proposta pelas ruas de Los Angeles, colocando em baixo uma pequena caixa para receber feedback.

Para chegar ao design final, Sylianteng realizou várias experiências:

sinalestacionamentoredesing_03

O que achas desta nova abordagem?