Emmys 2014: algumas surpresas e um cheirinho familiar a metanfetaminas


A noite de gala dos Emmys 2014 trouxe a confirmação de algo que há muito se sabia: a indústria, assim como uma boa parte do público, tem uma adoração enorme por Breaking Bad. Aquela que já é vista por muitos como uma verdadeira série de culto voltou a encher a autocaravana de troféus, numa noite em que as surpresas ficaram reservadas para as mini-séries e os programas de variedades.

Quando muitos antecipavam esta noite como a primeira grande batalha entre a HBO e o Netflix, a AMC mostrou que o negócio das metanfetaminas continua a render. Breaking Bad venceu pela segunda vez o galardão para Melhor Série Dramática, juntando a este prémio a vitória como Melhor Guião e as distinções dos seus principais protagonistas – Bryan Cranston como Melhor Actor Principal, Anna Gunn como Melhor Actriz Secundária e Aaron Paul como Melhor Actor Secundário. O prémio de melhor actriz principal numa série dramática foi para Julianna Margulies, em The Good Wife. True Detective, que surpreendeu ao ser inscrita como série e não como mini-série, teve a sua ousadia premiada com o prémio de Melhor Realização. Matthew McConaughey perdeu a corrida para Bryan Cranston e não conseguiu por isso juntar o Emmy ao seu Oscar.

Modern Family, a série que tem vindo a dominar a categoria de Comédia nos últimos anos, ainda tremeu com a ameaça de Orange Is The New Black mas não caiu. Venceu pelo quinto ano consecutivo o prémio de Melhor Série de Comédia e viu Ty Burrell ser novamente eleito como Melhor Actor Secundário. O prémio de Melhor Actor Principal foi para Jim Parsons em The Big Bang Theory e o de Melhor Actriz Principal para Julia Louis-Dreyfus em Veep.

As surpresas, sempre aguardadas neste tipo de noites, acabaram por não faltar. O favoritíssimo The Tonight Show Starring Jimmy Fallon viu o galardão de Melhor Programa de Variedades ser entregue ao The Colbert Report, de Jon Stewart. Ainda assim, as verdadeiras surpresas da noite acabaram por surgir nas categorias relacionadas com as mini-séries.

Se a vitória de Fargo na categoria de Melhor Mini-Série não foi recebida com espanto, o mesmo não se pode dizer da vitória de Benedict Cumberbatch como Melhor Actor Principal em Sherlock: His Last Vow (Masterpiece) sobre Martin Freeman e principalmente sobre Billy Bob Thornton em Fargo. Ainda assim, Martin Freeman acabou por levar para casa o prémio de Melhor Actor Secundário pelo seu desempenho como John Watson, também em Sherlock.

Numa noite em que Aaron Paul confessou emocionado as saudades que sente de Jesse (a personagem que interpretou em Breaking Bad), houve ainda tempo para Jimmy Fallon “exigir” ver o envelope que trouxe uma das surpresas da noite. Tudo num tom sempre bem humorado, numa cerimónia que ofereceu também uma merecida homenagem a Robin Williams. Quanto aos prémios, o destaque terá sempre que ser a colecção de prémios atribuídos a Breaking Bad. Como diria Heisenberg: “I am not in danger. I am the danger. A guy opens his door and gets shot, and you think that of me? No! I am the one who knocks!“.

Lista completa de vencedores:

Melhor Série Comédia: Modern Family
Melhor Actor Comédia: Jim Parsons (The Big Bang Theory)
Melhor Actriz Comédia: Julia Louis-Dreyfus (Veep)
Melhor Actor Secundário Comédia: Ty Burrell como Phil Dunphy (Modern Family)
Melhor Actriz Secundária Comédia: Allison Janney como Bonnie (Mom)
Melhor Actor Convidado Comédia: Jimmy Fallon como Anfitrião (Saturday Night Live)
Melhor Actriz Convidada Comédia: Uzo Aduba como Suzanne ‘Crazy Eyes’ Warren (Orange Is The New Black)
Melhor Realizador Comédia: Gail Manusco (Modern Family)
Melhor Argumento de Episódio Comédia: Louis C.K. (Louis)

Melhor Série Drama: Breaking Bad
Melhor Actor Drama: Bryan Cranston (Breaking Bad)
Melhor Actriz Drama: Julianna Margulies (The Good Wife)
Melhor Actor Secundário Drama: Aaron Paul (Breaking Bad)
Melhor Actriz Secundária Drama: Anna Gunn (Breaking Bad)
Melhor Actor Convidado Drama: Joe Morton como Rowan (Scandal)
Melhor Actriz Convidada Drama: Alisson Janney como Margaret Scully (Masters of Sex)
Melhor Realizador Drama: Cary Joji Fukunaga (True Detective)
Melhor Argumento Drama: Moira Walley-Beckett (Breaking Bad)

Melhor Minissérie: Fargo
Melhor Telefilme: The Normal Heart
Melhor Actor para Minissérie ou Telefilme: Benedict Cumberbatch (Sherlock)
Melhor Actriz para Minissérie ou Telefilme: Jessica Lange (American Horror Story: Coven)
Melhor Actor Secundário para Minissérie ou Telefilme: Martin Freeman (Sherlock)
Melhor Actriz Secundária para Minissérie ou Telefilme: Kathy Bates (American Horror Story: Coven)
Melhor Realizador para Minissérie ou Telefilme: Colin Bucksey (Fargo)
Melhor Argumento para Minissérie ou Telefilme: Steven Moffat (Sherlock)

Melhor Programa de Comédia: The Colbert Report (Comedy Central)
Melhor Coreografia: Puttin’ on the Ritz / Gold Rush / Run the World (So You Think You Can Dance, FOX)
Melhor Reality Competition Show: The Amazing Race
Melhor Anfitrião de Reality/Game-Show: Jane Lynch como Anfitriã (Hollywood Game Night)
Melhor Argumentista para Variedades: equipa do The Colbert Report (Comedy Central)
Melhor Realizador para Variedades: Don Roy King (Saturday Night Live, Host: Jimmy Fallon)
Mérito Excepcional em Documentário: Life Acording To Sam (HBO)
Melhor Argumento para um Especial de Televisão: Sarah Silverman (We Are Miracles)
Melhor Realizador para um Especial de Televisão: Glenn Weiss (Tony Awards)