Há o banco bom, o banco mau, e depois há o BES Angola


 
O Shifter precisa de dinheiro para sobreviver.
Se achas importante o que fazemos, contribui aqui.

Há o banco bom, o banco mau, e depois há o BES Angola, que vive num planeta só seu, depois de hoje ter publicado esta pérola na sua página de Facebook.

O Shifter precisa de cerca de 1600 euros em contribuições mensais recorrentes para assegurar o salário aos seus 2 editores. O teu apoio é fundamental!