Primeiro livro do Super Homem vendido por 3,2 milhões de dólares


Descrita como “a melhor cópia do livro de banda desenhada mais procurado no mundo”, a relíquia da Action Comics foi vendida precisamente por 3 207 852 dólares. Qualquer coisa como 2 424 405 40 euros, segundo a página do eBay onde estava em leilão.

E o que é que torna este livro de banda desenhada tão especial? Para além da primeira aparição do Super Homem, do Clark Kent e da Lois Lane, o livro marca o início da era e da febre dos super-heróis que ainda perdura nos dias de hoje. Muitos referem-se-lhe como o “Holy Grail” ou a “Mona Lisa” dos livros deste género.

A esta cópia em particular, graças ao excelente estado de conservação 76 anos após ter sido publicada, foi atribuída uma classificação de 9 em 10 pela Certified Guaranty Company, uma empresa independente de certificação de livros de banda desenhada. Nenhuma outra cópia teve até agora um valor mais alto; quer de classificação, quer de valor de venda: em 2011 uma cópia do mesmo livro classificada também com 9 “apenas” chegou aos 2.1 milhões de dólares.

Parte do dinheiro da venda (1%, ou seja, cerca de 2.4 mil euros) será doado por Darren Adams, quem pôs o livro em leilão, à Fundação Christopher & Dana Reeve. Esta fundação dedica-se ao estudo de traumas da medula espinal, condição de que Christopher Reeve, o primeiro ator a vestir o papel de Super Homem, sofria.

Quando foi originalmente publicado em Junho de 1938 o livro custava 10 cêntimos americanos.