Vestiu-se de jornalista para sobreviver. Esta é uma criança de Gaza


Na passada quinta-feira, surgiu uma das mais comoventes fotografias no Twitter. Publicada pelo correspondente de uma rádio sueca Johan-Matthias Sommarström, a fotografia exibia um pequeno rapaz palestiniano vestido com um casaco feito à mão. Um casaco de plástico.

Sommarström afirma que o rapaz se aproximou de si quando este regressava ao hotel. “Sou um jornalista”, disse o pequeno guerreiro. Comovido, o repórter Sueco decidiu entregar o seu capacete para completar o “look” do rapaz.

Ser jornalista na Faixa de Gaza significa sobreviver. Para uma criança, ser jornalista significa ter um hotel à sua espera no final do dia. Um hotel onde se pode descansar, comer e ficar abrigado dos bombardeamentos israelitas.

“Para mim esta foto é um exemplo incrível da força de vontade das crianças para sobreviver. (…) Acho que neste jogo de fingimento, ela quer ser como nós, alguém que sobrevive”, contou Sommarström à rádio sueca.

Fonte: The Huffington Post