A Microsoft criou um gigante e interactivo cubo, usando PCs, projectores e Kinects


O que acontece quando se dão 5 PCs, 5 projectores e 4 Kinects para as mãos da Microsoft? Nasce um gigante e interactivo cubo, capaz de oferecer uma festa virtual de dança a todos nós. O Microsoft Cube – assim se chama – está em mostra no Decibel, um festival de música e arte em Seattle, EUA.

O Cube, que tem mais ou menos um metro de altura e que demorou alguns meses a ser construído, capta o movimento das pessoas que estão diante dele e reage, proporcionando divertidos momentos de dança. Michael Megalli, Director Sénior de Estratégia de Marca da Microsoft, descreveu-o como a “intersecção da arte e da tecnologia”.

A Microsoft não irá vender este Cube. É apenas um projecto experimental de um grupo de funcionários da empresa, encorajados pelo seu CEO. No fundo, Satya Nadella quer promover a concepção e desenvolvimento de novas ideias, por mais estranhas que pareçam.