MIT desenvolve “lente” que coloca o telemóvel a interagir com o ecrã do computador


Cada vez mais temos mais ecrãs, desde os smartphones aos tablets, passando pelas televisões interactivas e até as consolas de jogos da última geração. Apesar de serem cada vez mais ao opções ao nosso dispor para trabalhar e usufruir da Internet, continua a existir uma barreira, pelo menos física, entre os diferentes ecrãs e dispositivos que utilizamos. Por exemplo se queremos passar um ficheiro do computador para o smartphone temos que recorrer a uma drive ou à cloud.

É neste capítulo, de optimizar e harmonizar a interacção entre os vários ecrãs que surge o TWAW, o mais recente projecto do MIT Media Lab. O TWAW faz com que o teu iPhone consiga ver e interagir com o que se está a passar por exemplo na televisão. Imaginando que está a passar um videoclip na televisão, ele consegue ler e transportar o visionamento para o teu iPhone.

O projecto resulta da parceria entre Philipp Schoessler do Tangible Media Group do MIT e Sang-Won Leigh, do Fluid Interface Group. “Vivemos num mundo cada vez mais digital, mas esse mundo está dvidido por vários ecrãs e interfaces. A questão à qual queríamos responder com a criação do THAW era a de saber como conseguimos combiner estas diferentes interfaces e ecrãs numa única experiência”, referiu Schoessler ao site Fast Company.

Agora como é que isto funciona, como é que o TWAH, através do telemóvel, consegue saber e, para além disso, interagir com o que está por baixo dele? O sistema é semelhante ao de um rato óptico. O THAW coloca uma grelha de cores sobre o monitor e usa a câmara do iPhone para detectar que parte do monitor está a cobrir, e com a qual pode interagir. Ele detecta o que está à frente da câmara e dá-nos a oportunidade de mexer nesses elementos.

As aplicações são imensas, desde jogos até quem sabe a softwares a serem utilizados em múltiplas áreas. Mas o melhor mesmo é veres este vídeo que demonstra as potencialidades do THAW, incluindo um pequeno jogo baseado no famoso Super Mario Bros.