Oculus está a construir uma loja de apps de realidade aumentada


Chama-se Oculus Platform e será nela que os programadores trabalharão, desenvolvendo apps, jogos e experiências de realidade aumentada. A Oculus Platform foi anunciada na conferência Oculus Connect que decorreu este fim-de-semana, e na qual foi revelado um novo protótipo dos óculos Oculus Rift, denominado Crescent Bay.

A ideia da Oculus é construir uma espécie de ecossistema VR (Virtual Reality), disponível através dos browsers, de apps mobile nativas e dos produtos VR (como o Gear VR ou o Rift). Em breve, com a comercialização dos óculos Gear VR da Samsung, a Oculus Platform estará disponível ao público na forma de loja. Uma espécie de App Store para a realidade aumentada.

A Oculus está a desenvolver duas apps para essa loja. Uma delas chama-se Oculus Cinema e a outra denomina-se Oculus 360 Photos and Videos; tal como os nomes indicam, servirão para ver filmes, fotos ou vídeos caseiros num ambiente VR. Os programadores estão convidados a criar as suas próprias apps e a comercializá-las via Oculus Platform.

Nesta primeira fase, todas as apps da Oculus Platform serão gratuitas para que os programadores possam obter rapidamente feedback dos utilizadores. Mas a Oculus quer que a plataforma passe a aceitar pagamentos no futuro, de forma a viabilizar o trabalho dos programadores.