Pepsi e Coca-Cola unem-se contra a obesidade nos EUA


A PepsiCo, a Coca-Cola e a Dr Pepper Snapple – as três grandes empresas de refrigerantes norte-americanas – assumiram esta terça-feira o compromisso de reduzir o número de calorias dos seus produtos em 20% durante os próximos 10 anos.

A iniciativa foi anunciada durante a 10ª edição da Clinton Global Iniciative, em Nova Iorque, e é já tida como um esforço sem precedentes na luta contra a crise de obesidade que assola os Estados Unidos da América.

Para atingir a ambiciosa meta, as empresas vão agora desenvolver novas estratégias nas áreas do marketing, distribuição e embalamento dos seus produtos. Vender bebidas em menores proporções, aumentar a gama de produtos com poucas ou nenhumas calorias e promover uma maior consciencialização sobre os efeitos de um alto consumo calórico são alguns exemplos de medidas que serão adoptadas na próxima década.

O ex-Presidente dos Estados Unidos da América, Bill Clinton, considera que este compromisso é “muito importante” dado que “pode aumentar dramaticamente o nível de saúde, bem como reduzir o risco de obesidade, diabetes e as suas respetivas consequências”. Já Susan K. Neely, presidente da American Beverage Association, referiu que a iniciativa “vai ajudar a transformar o panorama dos refrigerantes na América”.