É como se o Google Now tomasse conta do teu e-mail


 
O Shifter precisa de dinheiro para sobreviver.
Se achas importante o que fazemos, contribui aqui.

Mais que uma nova app, o Inbox é uma nova abordagem ao e-mail. Foi desenvolvido pela equipa do Gmail, mas não é o Gmail. E isso é bom. O Inbox organiza os teus e-mails e destaca, deles, aquilo que é contextualmente relevante.

O Inbox está disponível apenas por convite para já, mas quem já o tiver pode usar o novo serviço no computador (via browser), no iOS ou no Android. De realçar que o Inbox não substitui o Gmail. É, antes, uma alternativa.

O e-mail é hoje uma coisa chata. As apps que existem são listas de mensagens, organizadas cronologicamente por ordem de chegada à caixa de entrada. O e-mail não é inteligente, nem mesmo com apps como a Mailbox que permitem categorizar as mensagens com etiquetas como “ver mais tarde”, “próxima semana”, “um dia qualquer” ou “ver no telemóvel”, de acordo com a nossa disponibilidade.

inboxgmail_02

inboxgmail_03

inboxgmail_04

O Inbox pretende organizar a caixa de mensagens do utilizador, realçando aquilo que é importante (detalhes de voos, informações de eventos, fotos enviadas pelos amigos…) e juntando o que é semelhante (recibos de compras, extractos de contas bancárias…). O objectivo é responder aos novos desafios profissionais e pessoais, sobretudo relacionados com o volume de mensagens, que por vezes oculta o que é mais importante. Para além de e-mails, há lembretes e notas no Inbox, para que o utilizador não se esqueça do que tem para fazer.

O Inbox é diferente do Gmail, e pode ser entendido como o futuro do Gmail. Se a resposta dos utilizadores a esta nova abordagem chamada Inbox for positiva, ela pode vir – quem sabe – a substituir o próprio Gmail.

A Google começou ontem a enviar a primeira ronda de convites. Para pedires um, usa o endereço inbox@google.com ou pede a um amigo que já tenha acesso ao novo serviço. Nós, no Shifter, estamos a aguardar o nosso convite.

inboxgmail_mobile01

inboxgmail_mobile02

inboxgmail_mobile03

inboxgmail_mobile04

Se não conseguirmos aumentar o número de patronos, a 2ª edição da revista será a última, e o Shifter como o conheces terminará no final de Dezembro. O teu apoio é fundamental!