Google coloca satélites Skybox ao serviço de organizações humanitárias


 

O objectivo da iniciativa Skybox for Good é contribuir com imagens de satélite, em alta definição, para projectos que salvam vidas, protegem o ambiente e promovem a educação, isto é, que tenham um impacto positivo na humanidade. A Skybox é uma empresa de satélites que a Google comprou em Agosto.

Com o Skybox For Good, a Google dá a um conjunto de organizações sem fins lucrativos acesso a imagens de satélite de que elas precisam para o seu trabalho. Todas essas imagens ficam disponíveis no Google Maps sob licença Creative Commons, permitindo a qualquer pessoa saber que causas a Google e a Skybox estão a ajudar.

Para já, as duas empresas estão a trabalhar com um grupo restricto de organizações parcerias, mas a intenção futura é que o programa sirva um conjunto mais alargado de outras entidades de ajuda humanitária.

As imagens de satélite podem ser, na verdade, bastante úteis mesmo a projectos humanitários. Duas organizações, a Sky Truth e a Appalachian Voices, estão a usar essas imagens para medir o avanço da mineração de carvão na cordilheira dos Apalaches, que atravessa vários estados dos EUA: empresas têm rebentado com o topo dos montes para acederem mais facilmente ao carvão. Já a Halo Trust, uma outra organização, está a usar os satélites para verificar se as pessoas estão a regressar à aldeia de Nagarkovil, no Norte do Sri Lanka, depois de ter feito uma desminagem de minas terrestres nessa área.

“Fico sempre impressionado como o acesso às imagens de satélite globais através do Google Earth e do Google Maps mudaram a forma das pessoas verem o mundo – das cidades onde vivem a locais longínquos”, explicou Julian Mann, co-fundador da Skybox (que pertence à Google Earth Outreach, o programa da Google que apoia organizações sem fins lucrativos), no blogue da empresa.

Apesar de o projecto Skybox For Good ser um bem humanitário, ele coloca-nos algumas questões pertinentes: a vigilância via satélite do que se passa no solo pode ser permitida às organizações sem fins lucrativos?

Gostaste do que leste? Quanto vale conteúdo como este?

Trabalhamos todos os dias para te trazer artigos, ensaios e opiniões, rigorosos, informativos e aprofundados; se gostas do que fazemos, apoia-nos com o teu contributo.