Mark Zuckerberg fala mandarim?


 
Este artigo é gratuito como todos os artigos no Shifter.
Se consideras apoiar o nosso trabalho, contribui aqui.

Mark Zuckerberg participou, esta quarta, numa sessão de perguntas e respostas com alunos da Universidade de Tsinghua, em Pequim. O CEO do Facebook falou durante 20 minutos em mandarim, como mostra o vídeo que o próprio partilhou na sua página na rede social.

Rapidamente o mandarim de Zuckerberg se espalhou pela Internet e, em particular, pelos media, que o rotularam de “incrível” ou “impressionante”. No Shifter não conseguimos avaliar, mas dizem os críticos mais atentos que a fluência do dono do Facebook na língua oficial da China é má.

 

Dúvidas à parte, há que louvar o esforço de Mark Zuckerberg em falar uma língua aparentemente complicada. Zuckerberg começou a aprender mandarim em 2010 e um dos motivos para tal foi o facto da família de a sua mulher (Priscilla Chan) ser chinesa.

Certo é que o mandarim de Zuckerberg pode ajudar o Facebook a reconquistar a China, um país onde está bloqueado desde 2009. De acordo com a Reuters, Mark está esta semana em reuniões com potenciais parceiros anunciantes e alguns especialistas, para estudar o mercado chinês. O Facebook precisa de entrar na China para alargar a sua base de utilizadores e o seu negócio de publicidade.

Investimos diariamente em artigos como este.
Precisamos do teu investimento para poder continuar.