Aidan tem 9 anos e criou uma prótese de Lego


 
O Shifter precisa de dinheiro para sobreviver.
Se achas importante o que fazemos, contribui aqui.

Aidan Robinson tem 9 anos e criou, provavelmente, a prótese mais fixe do mundo. É uma mão feita de Lego e apareceu por necessidade.
A revista norte-americana The Atlantic conta que Aidan nasceu sem antebraço esquerdo e desde bebé que tem vindo a experimentar várias soluções, de vários materiais, mas por ser criança e estar em fase de crescimento, teria que comprar novas próteses com regularidade. Há dois anos que desistiu da ideia, mas foi num campo de férias pensado para crianças na mesma situação que Aidan criou a sua mão ideal.
O Superhero Cyborg Camp é promovido pela KIDmob, uma organização sem fins lucrativos de São Francisco, que ajuda as crianças a construir o protótipo ideal para as suas necessidades, do design ao fornecimento das ferramentas. O objetivo é que “como utilizadores finais das próteses, se eles tiverem uma ideia que não está no mercado, devem concretizá-las por si mesmos”, disse Kate Ganim, co-fundadora da associação. “Utilizando brinquedos antigos e peças doadas por uma loja de ferragens, o Aidan moldou o protótipo de uma prótese feita a partir de uma haste de metal com rosca, que pudesse ser aparafusada em diferentes partes.”

aidanmaolego_02

Aidan viu o seu projecto ganhar forma graças a Coby Unger da empresa de software de design 3D Autodesk.
Na versão funcional do seu desenho, a mão de Aidan é uma espécie de mão-gancho, feita com o mesmo material de ligação das peças Lego. É personalizável e adaptável ao crescimento do seu braço. O seu design vai estar disponível para download na plataforma Instructables para que todos os que tenham uma impressora 3D o posso replicar.
Desde então Aidan consegue pegar em talheres, em pistolas de água e no comando da sua Wii – actividades que destacou à The Atlantic como essenciais no seu dia-a-dia.
É ainda cinturão verde de karaté e compete na equipa de natação – agora faz tudo isso mas com um braço de super-herói.

aidanmaolego_03

Se não conseguirmos aumentar o número de patronos, a 2ª edição da revista será a última, e o Shifter como o conheces terminará no final de Dezembro. O teu apoio é fundamental!