Google e Larry Page juntam-se ao combate ao ébola com doação de mais de 30 milhões de dólares


 

Depois de Mark Zuckerberg e do Facebook, Larry Page e a Google. Chegou a vez da gigante da Internet e do seu presidente executivo ajudarem no combate ao ébola.

A Google anunciou uma campanha de angariação de fundos que consistia em duplicar cada dólar doado. Chama-se Fight Ebola e tem uma página própria onde se anunciava que a Google oferecia 2 dólares por cada um doado, até um limite total de 7,5 milhões de dólares (limite que foi hoje atingido).

O montante angariado junta-se a mais 10 milhões de dólares que a empresa vai entregar a associações sem fins lucrativos que se dedicam ao combate ao vírus. O co-fundador da Google, Larry Page, associa-se também à maré de solidariedade e vai doar 15 milhões através de uma fundação privada.

Muito recentemente, também o fundador do Facebook doou dinheiro para a mesma causa. Mark Zuckerberg e a mulher Priscilla Chan entregaram 25 milhões de dólares ao Center for Disease Control Foundation. A rede social também criou um botão para facilitar donativos por parte dos utilizadores.

Gostaste do que leste? Quanto vale conteúdo como este?

Trabalhamos todos os dias para te trazer artigos, ensaios e opiniões, rigorosos, informativos e aprofundados; se gostas do que fazemos, apoia-nos com o teu contributo.