Não sabemos se vais gostar dos planos futuros do Twitter


http://www.buynothingnew.org/2017/06/sole-treadmill-reviews.html

A mensagem que o Twitter passou esta quarta-feira aos seus analistas e investidores é bem clara: “nós temos mesmo um plano”. Um plano para atrair mais utilizadores e criar motivos para as marcas investirem na plataforma.

O Twitter pode ter uma audiência quantitativamente igual à do Facebook (isto é, de mil milhões de pessoas), mas o número de utilizadores é muito mais pequeno que o da sua concorrente: não chega sequer ao 300 milhões. A rede social precisa urgentemente de converter a outra fatia da sua audiência (700 milhões) em utilizadores. “Queremos ter a maior audiência diária no Mundo”, referiu Anthony Noto, o novo CFO da empresa.

twitteranalystday14_slide01

Um dia, o Twitter poderá ter mil milhões de utilizadores… ou até ser maior que o Facebook. Os produtos que anunciou esta quarta vão ajudá-lo nesse(s) objectivo(s). Um ponto relevante de referir é que os novos produtos foram revelados num evento com analistas e investidores e não numa conferência de imprensa ou numa iniciativa dirigida aos seus utilizadores. Isto diz muito sobre o público para quem o Twitter está neste momento a trabalhar.

As novidades do Twitter pode agradar aos analistas e investidores, e a potenciais novos utilizadores, mas não sabemos se os “antigos” vão gostar desta espécie de “facebookização” da sua rede social preferida.

Algoritmos na Timeline

A Timeline é o News Feed do Twitter, mas, ao contrário do que acontece no Facebook, os tweets/posts são organizados cronologicamente e não por meio de um algoritmo. Ora isso vai mudar… mas não totalmente.

O Twitter passará a juntar os melhores tweets publicados enquanto tu estás ausente da rede social e apresentar-tos, no topo da Timeline, quando regressares. A nova secção “While You Were Away” será assim uma espécie de resumo do melhor que se passou no Twitter enquanto não estavas cá.

twitteranalystday14_slide02

Actualmente, quando abres o Twitter, vês os últimos tweets e não os tweets que um algoritmo qualquer considerou mais interessantes para ti. Esta nova abordagem aproxima, mais uma vez, o Twitter ao Facebook.

Outro momento em que a Timeline terá tweets por via de algoritmos será em situações de crise, como terramotos. O Twitter escolherá informações importantes das autoridades locais e dar-lhes-á destaque no teu feed.

twitteranalystday14_slide03

Upload de vídeo (com mais de 6 segundos)

Algumas marcas já podem partilhar vídeos directamente no Twitter, mas a maioria dos utilizadores – como tu – só o pode fazer recorrendo ao Vine (e fica limitado a 6 segundos).

twitteranalystday14_slide04

Em breve, tu poderás fazer o upload de vídeos com menos ou mais de 6 segundos para o Twitter, da mesma forma que fazes o upload de fotografias.

Partilha de tweets via mensagem privada

As mensagens privadas do Twitter (ou Direct Messages, DMs) são uma parte importante da plataforma, que ganhou destaque no site e nas apps móveis ao longo deste ano.

Ainda há muito trabalho que pode ser feito, principalmente uma altura em que a partilha em privado (seja só com uma pessoa ou com um grupo de pessoas) é uma tendência em crescimento no mundo online (Snapchat, WhatsApp, Facebook Messenger…).

twitteranalystday14_slide05

Voltando às Direct Messages do Twitter. Em breve, poderás enviar tweets via mensagem a alguém e, assim, conversar sobre esse tweet com essa pessoa em privado.

Mais contexto

Quando fazes um tweet, podes adicionar-lhe a tua localização. De momento, só podes indicar a vila ou a cidade onde estás. Não é possível especificar um bar, um monumento ou uma praia, por exemplo. O Twitter quer mudar isso, explorando as potencialidade do contexto espacial.

Por outras palavras, em breve, poderás dizer que estás num restaurante e saber o que é que as outras pessoas que estão ou estiveram nesse restaurante disseram.

twitteranalystday14_slide06

O Twitter quer também continuar a construir feeds especiais para eventos, como fez durante o Mundial. Tu pudeste acompanhar o que se estava a dizer sobre cada jogo, em tempo real, saber os resultados, ver as fotos e rever os lances em pequenos vídeos.

twitteranalystday14_slide07

Instant Timeline

Instant Timeline é uma nova ferramenta com a qual o Twitter quer piscar o olho a novos utilizadores. No processo de registo, o novo utilizador selecciona as categorias de que gosta (por exemplo, desporto, televisão e tecnologia) e o Twitter sugere-lhe pessoas e marcas interessantes para ele seguir.

Isto evita que tenha de ser o novo utilizador a descobrir por si contas para seguir. “Acreditamos que qualquer pessoa deva chegar ao Twitter e imediatamente sentir-se no seu mundo”, disse o CEO Dick Costolo no evento de quarta-feira.

twitteranalystday14_slide08

twitteranalystday14_slide09

Mais apps móveis

Ao contrário do Facebook, o Twitter tem apenas duas apps móveis: o próprio Twitter e o Vine. Dick Costolo disse que a empresa tenciona aumentar este portfólio no futuro.

O executivo não especificou que apps poderão ser, mas não nos surpreenderá ver as Direct Messages a ganharem alguma independência nas plataformas móveis.

Quick Promote

No Facebook existe um botão para rapidamente promover posts, o Twitter anunciou algo semelhante. Chama-se Quick Promote e permitirá às marcas pagar para que um determinado tweet tenha um maior alcance nas Timelines dos utilizadores.

twitteranalystday14_slide10

Milhares de pessoas seguem o Shifter diariamente, apenas 50 apoiam o projecto directamente. Ajuda-nos a mudar esta estatística.