Todos o dizem, menos a Gillette: “a original é melhor”


 
O Shifter precisa de dinheiro para sobreviver.
Se achas importante o que fazemos, contribui aqui.

Desengane-se o community manager que pensa que apelar ao saudosismo no Facebook de uma marca é tiro e queda para milhões de likes, comentários e shares.  Se precisarem de alguém que vos confirme isto, basta perguntar a quem gere a página da Gillete.

A marca partilhou, ontem, uma imagem de uma Gillette de 1904 lado a lado com uma Gillette de 2014, com a seguinte descrição: “Hoje celebramos o 110º aniversário da nossa primeira patente. A gilete mudou. A nossa inovação não irá nunca mudar.”

A reacção da comunidade da marca foi surpreendente:

gillette1904melhor_comentarios01

gillette1904melhor_comentarios02

gillette1904melhor_comentarios03

gillette1904melhor_comentarios04

Este tipo de acontecimentos digitais vem provar que todas as marcas estão sujeitas à crítica. Mesmo uma marca como a Gilette, que não só é líder de mercado, como chega a ser confundida com o nome da categoria que domina.

Se não conseguirmos aumentar o número de patronos, a 2ª edição da revista será a última, e o Shifter como o conheces terminará no final de Dezembro. O teu apoio é fundamental!