Encontrado na Noruega um antigo filme da Disney, há muito perdido


Empty Socks foi o primeiro filme de Natal da Disney. Datado de 1927, foi descoberto na semana passada nos arquivos da Biblioteca Nacional da Noruega em Mo i Rana, na região do Círculo Polar Ártico.

Deste filme, que segundo registos é de facto o primeiro filme natalício da Disney, apenas se conhecia um excerto de 25 segundos, orgulhosamente exibido numa das colecções do Museu de Arte Moderna de Nova Iorque. Sobre a possibilidade de também esta versão ser cedida ao MoMa, Eirik Frisvold Hanssen, responsável pelo departamento de cinema da Biblioteca Nacional, disse ao The Art Newspaper que “poderá ser feito um acordo” nesse sentido. O Empty Socks original tinha a duração de cinco minutos e meio; na versão encontrada ainda falta cerca de um minuto.

O filme pertenceu originalmente a um privado, passou pelo Instituto de Cinema Norueguês e acabou esquecido nos arquivos da Biblioteca Nacional da Noruega, onde foi encontrado durante a sua inventariação na semana passada. Empty Socks foi primeiro descoberto em 2008, mas não foi imediatamente identificado. Algo agora possível com a ajuda do cartoonista e editor David Gerstein.

“No início não sabíamos que se tratava de um tesouro cinematográfico perdido. O filme estava em duas bobines cujas etiquetas não eram claras”, referiu Kjetil Kvale Soerenssen, arquivista na biblioteca de Mo i Rana, disse à AFP.

Antes do Rato Mickey, uma das estrelas da Disney era Osvaldo, o Coelho Sortudo, que é precisamente o protagonista deste filme. Nele, Osvaldo aparece vestido de Pai Natal e celebra a época com crianças órfãs, sendo que o minuto de filme em falta retrata o preciso momento em que as crianças recebem os presentes.

Para comemorar a descoberta, o filme será exibido na Biblioteca Nacional, em Oslo, dia 17 de Dezembro, quarta-feira.

Milhares de pessoas seguem o Shifter diariamente, apenas 50 apoiam o projecto directamente. Ajuda-nos a mudar esta estatística.