Hackers colocaram a Xbox e a PlayStation offline no Natal. E Kim Dotcom não gostou


Neste Natal, o grupo de hackers Lizard Squad colocou em baixo as redes da PlayStation e da Xbox, deixando inúmeros utilizadores sem conseguirem jogar online. Kim Dotcom, o fundador do Megaupload, não gostou e decidiu “acabar com a brincadeira”.

O Lizard Squad anunciou no Twitter, no dia de Natal, que atingiu os servidores da PlayStation e da Xbox, através de um ataque ataque DDoS. Desde quarta-feira, véspera de Natal, o grupo de hackers tem publicado vários tweets a promover a acção e o aumento do número dos seus seguidores desde o ataque.

Os hackers prometiam repor as redes PlayStation Network e Xbox Live consoante o número de vezes que os utilizadores do Twitter manifestarem apoio ao ataque e replicarem os tweets do grupo.

Entretanto, os serviços online da PlayStation e da Xbox já estão online. E tudo graças a Kim Dotcom – dizem.

O criador do polémico Megaupload – que agora é só Mega – queria jogar Destiny na sua Xbox e decidiu negociar com os hackers, numa espécie de “dou-vos vouchers premium do Mega e vocês deixam-me jogar”.

Lizard Mafia e Kim Dotcom conversaram:

kimdotcom_conversals

 

E os hackers aceitaram a oferta de Kim: as redes da PlayStation e da Xbox voltaram!

Milhares de pessoas seguem o Shifter diariamente, apenas 50 apoiam o projecto directamente. Ajuda-nos a mudar esta estatística.