Site português TVGolo encerra após novo bloqueio das operadoras


O domínio tvgolo.mobi, pertencente ao site português TVGolo, foi bloqueado esta segunda-feira pelas operadoras nacionais na sequência de uma ordem judicial desencadeada pela SportTV, segundo o que o Shifter conseguiu apurar. Cansados de defender o projecto e de lutar pela sobrevivência do mesmo, os responsáveis decidiram colocar um ponto final neste que era um ponto de paragem obrigatório para todos os amantes do desporto rei.

Num comunicado publicado esta segunda à noite na sua página de Facebook, o TVGolo escreve que “os esforços junto das operadoras para retomarem o acesso normal ao TVGolo foram em vão” e anuncia o fim do projecto: “nada mais nos resta senão abandonar esta missão” de ser “uma das principais fontes online de promoção ao futebol nacional além-fronteiras”.

Quem agora se dirigir ao TVGolo será direccionado para o okgoals.com – um site internacional que não tem qualquer relação com o projecto português mas foi escolhido pelos responsáveis para “satisfazer algumas das necessidades” do seu público.

O projecto TVGolo nasceu em 2007 em tvgolo.com com um objectivo muito claro: ser um site onde os fãs de futebol pudessem encontrar os últimos golos e os resumos dos jogos das várias ligas e dos vários campeonatos. O TVGolo condensava num mesmo sítio vários vídeos, todos eles alojados por terceiros em sites externos. “Nunca fizemos transmissões ou cópias de jogos, era apenas um site que servia para democratizar os pontos altos do futebol. Não passavam os jogos mas só os golos e melhores momentos”, explicou ao Shifter um porta-voz do site.

O TVGolo era mantido por uma equipa de cerca de 10 pessoas, amantes de futebol, sendo que algumas dessas pessoas estão igualmente envolvidas num outro projecto bem conhecido – o TVTuga é um outro site que permite assistir online a vários canais de televisão (SIC Notícias, FOX, Canal Panda, Benfica TV…). Para o TVTuga, os problemas com a ‘justiça’ não são novidade. Aliás, várias entidades, entre elas o Movimento Cívico Anti Pirataria na Internet, terão tentado deitar abaixo o site, mas sempre sem sucesso. A equipa do TVTuga afasta todas as acusações relacionadas com pirataria, defendendo que estão a prestar um serviço a que podemos – com algum risco, é certo – chamar de ‘serviço público’: proporcionar aos portugueses que estão no estrangeiro o acesso a canais que só estão disponíveis em território nacional.

Os últimos 7 anos foram relativamente calmos para o TVGolo, ainda que pairasse no ar o receio de um dia o site vir a ser fechado – principalmente pela associação ao TVTuga. O primeiro sinal apareceu em Novembro deste ano, quando o domínio tvgolo.com foi bloqueado pelas operadoras. Na altura, os donos do TVGolo decidiram mudar o site para uma nova morada – tvgolo.mobi – e assim escapar à censura.

A atitude não foi a mesma quando esta segunda-feira o URL tvgolo.mobi foi bloqueado. “Não conseguimos continuar a fazer o nosso trabalho quando somos acusados de pirataria. O TVGolo nunca fez pirataria e nunca quis incentivar a mesma”, referiu o mesmo porta-voz ao Shifter. É certo que o TVGolo podia continuar a alterar o seu domínio e entrar na habitual rotina de fuga aos bloqueios que outros sites na mesma situação fazem.

Com o encerramento de um dos sites mais visitados pelos fãs de futebol em Portugal (e não só), ficam no ar muitas questões. Até que ponto pode um site divulgar imagens que são pagas a peso de ouro pelas estações de televisão, sem gastar um tostão com isso, e mesmo não sendo responsável pelo upload das mesmas? Que sentido faz censurar um site que apenas se limita a agregar conteúdo que outros partilham na net? Devemos continuar a limitar o livre acesso das pessoas a conteúdos variados? Aliás: até que ponto essa limitação será capaz de se manter?

“O site foi censurado em Portugal, tal como acontece em países onde a democracia é questionável, algo verdadeiramente inaceitável hoje em dia”, lê-se no comunicado no Facebook.

Depois de 7 anos em actividade, os responsáveis pelo TVGolo dão por terminado este projecto. Uma perda assinalável para quem usa a internet para se manter actualizado sobre o mundo do futebol e um exemplo claro de que o conceito de pirataria continua ainda muito turvo na mente das entidades competentes. O foco dos responsáveis pelo TVGolo centra-se agora no Footazo, um site que procura reunir vídeos variados sobre futebol, e no TVTuga.