Sony Pictures contratou a Olivia Pope da vida real para gerir o Escândalo do ‘The Interview’


Judy Smith, a figura que serviu de inspiração à personagem Olivia Pope da série televisiva Scandal, está a ajudar a Sony Pictures a gerir a crise provocada pelo cancelamento do The Interview. O estúdio tem sido muito criticado recentemente por esta atitude: Barack Obama considerou-a um “erro”; já George R.R. Martin está irritado com tamanha “cobardia”.

Segundo o site TMZ, Judy Smith está a trabalhar nos bastidores com a Sony Pictures – em particular, com a co-presidente Amy Pascal – para a ajudar a lidar com todo este buzz, não só do lado de Washington DC, mas também de Hollywood. Smith e a sua equipa tem passado a mensagem de que o estúdio cancelou o filme para salvaguardar a segurança e o bem-estar dos seus funcionários.

Judy Smith foi Secretária de Imprensa Adjunta do Presidente George H.W. Bush, onde geriu algumas crises importantes como a Guerra do Golfo, as relações com o Kuwait e o caso Irão-Contras. Mais tarde, abriu a sua própria empresa de gestão de crises, a Smith & Company, que já trabalhou com clientes como Monica Lewinsky, Wesley Snipes e Michael Vick. Judy Smith é ainda co-produtora executiva de Scandal, a série televisiva que se baseia na sua vida profissional.