Crash The Super Bowl 2015: criatividade e polémica com sabor a Doritos


 
O Shifter precisa de dinheiro para sobreviver.
Se achas importante o que fazemos, contribui aqui.

A 49ª edição do Super Bowl está quase a chegar e com ele todo o frenesim publicitário que tão bem conhecem os maiores fãs, não só do evento, como da publicidade em geral. É neste contexto que regressa o Doritos Crash the Superbowl, que, ano após ano, dá oportunidade aos fãs da marca de produzirem os anúncios da Doritos que serão transmitidos nos intervalos do jogo.

Depois de mais de 4 900 submissões de 29 países diferentes, a marca já escolheu os 10 finalistas da competição. Existem várias execuções muito criativas, que vão desde a simplicidade de um bebé e a sua primeira palavra – “Baby’s First Word” – ao egoísmo dos adultos perante um pacote de Doritos – “Selfish Sneezers”. A votação para decidir os melhores está aberta até 28 de Janeiro.

Mas nem tudo são rosas num passatempo com o impacto deste Doritos Crash the Superbowl. Pelo meio de toda a criatividade houve espaço para polémica, depois de um dos finalistas ter sido acusado de plágio. As parecenças entre o vídeo “Trouble in the Back Seat” e um conhecido e premiado anúncio de 2010 são bastante evidentes.

Se não estás familiarizado com a popularidade deste concurso anual podes gostar de saber que o vencedor não só terá direito a ver o seu anúncio no Super Bowl como ganhará 1 milhão de dólares e um contracto com a Universal Pictures. O segundo classificado também verá a sua publicidade ser exibida num dos intervalos do evento e aos restantes finalistas cabe-lhes receber um prémio em dinheiro e aproveitar a experiência de assistir ao jogo numa suíte privada. Not bad, hum?

O melhor mesmo é ver os anúncios:

 

“Middle Seat”

 

“Angler”

 

“Baby’s First Word”

 

“Selfish Sneezers”

 

“Lemonade Stand”

 

“Trouble In The Back Seat” (o polémico)

 

“Mis Spelling Bee”

 

“What Could Go Wrong”

 

“Manchild”

 

“When Pigs Fly”

 

Por fim – e servindo como prova do buzz gerado anualmente pela iniciativa da Doritos – surgiu um inesperado convidado, decidido a “Crashar” o Crash the Super Bowl. A Newcastle Brown Ale aproveitou para fazer das suas e tornou pública a sua participação (não) oficial, no que apelidam de “concurso de batatas fritas”.

Mérito, uma vez mais, para a Droga5. A agência liderada por David Droga continua a construir a imagem da marca de cerveja britânica com base em anúncios com um humor peculiar, como foi exemplo o (quase) anúncio da Newcastle Brown Ale para o Super Bowl do ano passado.

Bónus: Este ano até os Clio Awards vão prestar uma homenagem ao espaço publicitário do Super Bowl, com um prémio exclusivo para o melhor anúncio, como podemos ver num destaque presente no seu site. Os “Clios” são atribuídos anualmente e são mesmo considerados um dos maiores prémios na área da publicidade, apenas superados pelos míticos Cannes Lions.

Se não conseguirmos aumentar o número de patronos, a 2ª edição da revista será a última, e o Shifter como o conheces terminará no final de Dezembro. O teu apoio é fundamental!