Um carro de luxo que imagina o futuro da condução autónoma


Imagina-te dentro de um carro que te leva – sem teres de tocar no volante – para o destino que pretendes e que durante a viagem te entretém com tarefas nada relacionadas com a condução. No futuro, tudo isso poderá ser possível.

A Mercedes-Benz mostrou no CES 2015 um carro eléctrico que se conduz sozinho e que oferece aos passageiros uma experiência de luxo. Chama-se F015 Luxury in Motion e, avaliar pelo seu design futurista, parece saído de um filme de ficção científica.

Mercedes-Benz F015 - Luxury in Motion

mercedesf015_06

Mercedes-Benz F015 - Luxury in Motion

Mercedes-Benz F015 - Luxury in Motion

Mercedes-Benz F015 - Luxury in Motion

Com acabamentos em materiais como o vidro, madeira, cabedal e alumínio, o interior do veículo foi pensado para ser o mais espaçoso possível para que os passageiros se possam entreter durante a viagem. As quatro cadeiras – que parecem bastante confortáveis – podem ser voltadas umas para as outras, criando um ambiente de sala de estar.

O contacto com o exterior pode ser feito a partir das portas que abrem em sentido oposto num ângulo de 90º, das gigantes janelas ou dos 6 ecrãs integrados e que funcionam com reconhecimento de gestos e movimento dos olhos e são sensíveis ao toque.

Mercedes-Benz F015 - Luxury in Motion

mercedesf015_12

mercedesf015_11

mercedesf015_10

mercedesf015_09

mercedesf015_08

O F015 é um carro autónomo, mas também pode ser conduzido por um humano. Nesta situação, o volante surge na frente do condutor e a iluminação exterior azul passa a branca para informar os outros utentes da via que é um ser humano que está no comando.

O veículo é movido a pilhas de combustível, dispositivos electroquímicos que transformam directamente a energia da molécula de hidrogénio em electricidade. O carro tem um peso reduzido, algo que a Mercedes alcançou através do uso da fibra de carbono, alumínio e aço de alta resistência.

O F015 Luxury in Motion não passa de um conceito, mas vem mostrar como a Mercedes-Benz vê o futuro automóvel.