A Google criou um programa de computador capaz de aprender tarefas sozinho


Este artigo é gratuito como todos os artigos no Shifter.
Se consideras apoiar o nosso trabalho, contribui aqui.

A Google desenvolveu uma tecnologia capaz de fazer frente ao Chuck Norris em jogos de tabuleiro e de computador. Segundo conta o The Guardian, este software, que os programadores designam de agente, é o primeiro programa de computador capaz de aprender uma larga variedade de tarefas e regras sem a necessidade de ser “ensinado” por ninguém.

A pesquisa e desenvolvimento do projecto foram levados a cabo pela DeepMind, uma empresa de inteligência artificial que a Google comprou no ano passado por 550 milhões de euros. Este “agente” aprendeu a jogar 49 jogos de computador retro de forma independente, desenvolvendo estratégias para chegar mais depressa a um resultado vencedor.

A diferença entre jogares um jogo de computador contra o DeepMind ou contra uma série de algoritmos pré-inseridos num jogo prende-se precisamente com esta independência: numa primeira instância, o “agente” não conhece as regras do jogo, e o que faz para se familiarizar é experimentar, falhar e voltar a experimentar até conseguir uma fórmula praticamente imbatível. “É um pouco como um bebé abrir os olhos pela primeira vez e ver o mundo”, disse Demis Hassabis, fundador da empresa.

Este vídeo demonstra a DeepMind em acção num dos muitos jogos onde acabou por se tornar numa “expert”. Depois de 600 tentativas falhadas, a tecnologia encontrou uma forma de vencer o jogo de uma forma célere e que deixam muita gente de queixo caído.

[full_width]

[/full_width]

Claro que aprender jogos de computador é algo surpreendente, mas imagina isto a funcionar em carros automáticos, assistentes pessoais de voz e outro tipo de aplicações. O Elon Musk já vai perder umas horas de sono.

https://www.youtube.com/watch?v=xN1d3qHMIEQ

Investimos diariamente em artigos como este.
Precisamos do teu investimento para poder continuar.