Este é o Pebble Time, o “smartestwatch”


Eles prometeram e cumpriram: a Pebble, considerada a pioneira dos smartwatches, anunciou esta terça-feira o novo produto que deixou a concorrência em alerta, o Pebble Time. As novidades passam por um novo design, um novo software e uma nova forma de comunicar com o utilizador.

Pouco tempo depois de atingir a marca do primeiro milhão de smartwatches vendidos, a Pebble fez saber que vinham aí grandes novidades. O dito ficou feito com o Pebble Time, um novo relógio inteligente que, em comparação com o modelo anterior, é 20% mais fino (9,5 mm de espessura) e tem uma ligeira curvatura para se adaptar ao pulso, apesar de o ecrã estar protegido por Gorilla Glass.

pebbletime_02

O ecrã é, de resto, uma das principais novidades, já que passa a incluir um leque de 64 cores ao contrário dos seus antecessores, que eram ainda a preto e branco.

No seu interior vem agora um microfone, para enviar pequenas mensagens de texto ou para gravar notas, mas a resistência à água mantém-se como uma das principais vantagens, bem como a duração da bateria de sete dias. Disponível em preto, branco e vermelho, o Pebble Time é compatível com qualquer bracelete de 22 milímetros, utilizada pela grande maioria dos relógios.

pebbletime_03

A escolha do nome do novo Pebble não é inocente, já que ‘Time’ serve para assinalar o nascimento de um sistema operativo redesenhado, que passa a funcionar em jeito de timeline. Consultar o tempo, o número de passos ou qualquer outra notificação vai dispensar menus e tudo está disponível através de uma simples cronologia: segues “em frente” para ver os eventos futuros e “para trás” para ver o que perdeste. Simples, prático e eficaz.

pebbletime_04

pebbletime_05

Numa primeira instância, a Pebble anunciou parcerias com algumas gigantes como o Evernote, The Weather Channel, Endomondo, ESPN e o Paypal para garantir o desenvolvimento de aplicações compatíveis com este novo método.

De realçar que todas as mais de 6500 apps e mostradores existentes são compatíveis com o Time, que estará disponível também para os dois primeiros modelos de relógio da Pebble. A compatibilidade com os smartphones é garantida através do iOS 8 e do Android 4.0 ou superior.

pebbletime_06

Shut up and take my money

O modo de venda foi algo que também chamou à atenção. Se bem te recordas, a Pebble começou com recurso a uma campanha no Kickstarter – uma das mais bem sucedidas de sempre na história do site – e a empresa decidiu voltar às origens com o Pebble Time.

O relógio está à venda por 179 dólares (as vendas disponíveis por 159 dólares já esgotaram) apenas através do Kickstarter, onde era pedido um financiamento de 500 mil dólares mas, no momento de escrita deste artigo, já tinham ultrapassado os 8,5 milhões. O produto vai começar a ser exportado em março.

Este é sem dúvida um dos melhores smartwatches que podes ter no teu pulso neste momento.