Há mais uma start-up a querer tornar o Hyperloop realidade


Elon Musk é, sem sombra de dúvida, um dos nomes em foco sempre que se fala em tecnologia e inovação. O empresário norte-americano é a mente por detrás de dois dos mais ambiciosos projectos actualmente, a Tesla Motors, que pretende tornar os carros eléctricos uma realidade cada vez mais presente, e a SpaceX, a empresa aeroespacial que quer colocar-nos cada vez mais próximos do Espaço.

No meio de todos estes projectos, o tempo não abunda, o que não quer dizer que Musk não tenha outros projectos em carteira. Um dos mais interessantes é, de facto, o Hyperloop, uma forma de transporte que permitiria viagens a cerca de 1300 km/h, fazendo-se, por exemplo, a ligação de San Francisco a Los Angeles em menos de 30 minutos. O próprio Musk, aquando da apresentação do projecto, revelou que “se isto fosse a minha prioridade, dentro de um a dois anos estaria a funcionar”.

Ora, como o multi-milionário norte-americano tem empreendimentos de sobra em mãos, várias empresas do sector privado vieram manifestar o seu interesse de explorar e tornar o Hyperloop uma realidade. Depois de a start-up californiana JumpStartFund apoiar o projecto Hyperloop Transportation Technology, uma outra companhia surgiu no mercado disposta a investir no conceito de Musk: a Hyperloop Tech.

A Hyperloop Tech tem operado de forma discreta neste último ano, antes de merecer um artigo de destaque na revista Forbes no qual expôs os seus objectivos. Liderada por Shervin Pishevar, Jim Messina (antigo membro da equipa da Casa Branca), David Sacks (ex-CEO da Yammer) e o antigo engenheiro da SpaceX, Brogan BamBrogan, a empresa pretende ir inclusivamente além do que Musk teria imaginado.

Para já a Hyperloop Tech pretende focar-se essencialmente no transporte de mercadorias, ao invés do transporte de passageiros. O que torna o projecto tão interessante é o facto de conceber uma via de transporte sub-aquática.

A administração já se reuniu com senadores do congresso norte-americano de modo a poder ultrapassar algumas leis que restringem a velocidade máxima dos transportes nos estados. Além disso, já angariaram cerca de 8,5 milhões de dólares de investimento privado, prevendo ainda conseguir mais 80 milhões $ para levar o projecto a bom porto.

Elon Musk, apesar de não estar directamente ligado ao projecto, tem estado em contacto com os cérebros da Hyperloop Tech. “Elon sentiu que se nós conseguíssemos provar que isto funciona, mesmo num protótipo com 3 a 8 km, ultrapassaríamos quaisquer questões políticas ou regulamentos”, disse David Sacks na entrevista publicada pela revista Forbes.

Com tantos interessados e tanto trabalho a acontecer, não há grande dúvida de que o Hyperloop será uma realidade em breve, resta saber apenas pelas mãos de quem.

Milhares de pessoas seguem o Shifter diariamente, apenas 50 apoiam o projecto directamente. Ajuda-nos a mudar esta estatística.