Mayor de Nova Iorque promete criar 1500 casas para artistas


Bill de Blasio, o Mayor de Nova Iorque (NY) que sucedeu ao magnata dos media Michael Bloomberg, prometeu aos artistas da cidade construir 1,500 espaços de trabalho baratos. O objectivo é facilitar o trabalho dos artistas em NY, uma cidade com um custo de vida acima da média, principalmente no que toca aos preços de aluger de casa. Para não perder a força artística da cidade cosmopolita, de Blasio está a tomar medidas para tornar NY uma Meca da arte.

Num recente discurso, Bill de Blasio considera que NY é hoje a cidade que é por causa das “contribuições das gerações de artistas visionários que, a certo ponto, tiveram de lutar muito para chegar a um fim“. Após esta frase, o Mayor da cidade revelou o plano de construir estes espaços “acessíveis” financeiramente para artistas e músicos “que fazem da cultura de NY City algo tão vibrante“, explicou. A estas 1,500 casas somam-se 500 espaços comunitários para servir a comunidade nas suas necessidades culturais. Mas de Blasio não se fica por aí: vai também oferecer habitações a preços acessíveis a veteranos do exército e para a 3.ª idade no geral. 

Bill de Blasio referiu ainda que são os artistas quem traz a “alegria todos os dias para os nova-iorquinos e quem inspira os jovens a perseguir os seus talentos naturais como profissão, que muitas vezes não vem com um grande pagamento salarial“. O mayor de NY aproveitou para revelar o número de turistas que, no ano passado, visitaram Nova-Iorque: 56,4 milhões, vindos de todo o Mundo. 

Ciente do custo elevado que é comprar ou alugar uma casa em NY, de Blasio refere que isso mostra o “fosso de desigualdade e de oportunidade” de forma muito clara. O mayor da cidade terminou dizendo que Nova-Iorque só é a cidade que é – de Blasio chama-lhe a “alma deste lugar” – se for para todos.

Para além deste plano em específico, Bill de Blasio espera garantir 11,250 habitações mais acessíveis para a população. A principal oposição está no actual Governador de Nova Iorque, Andrew Cuomo, que já se opôs à medida em Sunnyside, Queens.