Bill Gates volta a ser o mais rico do planeta


A conceituada Forbes revelou esta segunda-feira uma lista atualizada com as pessoas mais ricas deste planeta. Bill Gates, fundador da Microsoft, surge pela 16.ª vez nos últimos 21 anos no topo da lista, com uma fortuna estimada em 79,2 mil milhões de dólares, ultrapassando por uma pequena margem os 77,1 mil milhões de Carlos Slim Helu, a principal cara das operações móveis no México.

O ramo tecnológico está naturalmente em peso na lista e, das figuras presentes no top-100, muitas são as que ganham muitos milhões por dia graças a este setor. Larry Ellison, surge em quinto lugar com os seus 54,3 mil milhões de dólares, ao passo que Jeff Bezos, CEO e fundador da Amazon, é neste momento detentor de 34,8 mil milhões que o colocam na 15ª posição.

A Google surge representada no top-100 no 19.º e 20.º lugares por Larry Page, o CEO, e por Sergey Brin, director de projetos especiais. As duas figuras da gigantes das buscas têm na sua conta bancária 29,7 e 29,2 mil milhões de dólares, respetivamente. Steve Ballmer (#35) e Ellon Musk (#100) também fazem parte dos cem primeiros.

Novos e (podres de) ricos

As notícias mais recentes indicam que o Snapchat passou a valer cerca de 19 mil milhões de dólares desde Fevereiro deste ano, algo que, para além de ser excelente para a empresa, resultou num encaixa financeiro enorme para os seus dois fundadores, Evan Spiegel e Bobby Murphy. A verdade é que Spiegel, com 24 anos, é o mais jovem a figurar na lista da Forbes, já que os seus 1,5 mil milhões de euros – o mesmo valor de Murphy – o colocam na 1250.ª posição. E Mark Zuckerberg? Bem, o detentor do Facebook também beneficiou dos lucros brutais que a rede social mais utilizada do mundo alcançou ao longo de 2014 e aumentou a sua fortuna para 33,4 mil milhões de euros, ocupando o 16.ª posto da lista, na qual apenas 46 pessoas têm menos de 40 anos.

Nós por cá

Não temos grandes investidores na área da tecnologia, mas há três personalidades portuguesas que a Forbes incluiu entre os mais ricos do mundo. Américo Amorim sofreu uma queda de mais de 100 lugares mas soma 4,4 mil milhões de euros que o fazem aterrar na 369.ª posição, bem à frente dos restantes dois empresários.

Belmiro de Azevedo está no 949.º lugar – uma queda de 262 posições, com dois mil milhões de euros, ao passo que Alexandre dos Santos, que em 2014 até estava perto do top-600, sofreu bastante com a queda das acções na Jerómico Martins e soma “apenas” 1,8 mil milhões de euros, o suficiente para marcar posição no número 1054 da lista.