Coachella e Lollapalooza proíbem entrada do selfie stick


 
Este artigo é gratuito como todos os artigos no Shifter.
Se consideras apoiar o nosso trabalho, contribui aqui.

Tudo o que possa impedir a boa visibilidade dos espectadores tem de ser proibido nos concertos. Pelo menos é esta a filosofia do The Academy Music Group, responsável por algumas das maiores salas de espectáculos do Reino Unido, que baniu recentemente os selfie sticks de todos os seus concertos.

A iniciativa está também a ser levada a cabo por alguns festivais norte-americanos e o mais recente exemplo disso é o Coachella, que a pouco mais de dez dias de começar resolveu juntar o selfie stick à sua lista de objectos proibidos. Também o Lollapalooza proibiu o uso deste produto tão irritante no interior do seu recinto.

O selfie stick tornou-se moda ao longo do ano passado e foi inclusivé um dos presentes de Natal mais oferecidos no Reino Unido. Os festivais portugueses ainda não se manifestaram acerca do assunto, mas é muito provável que nenhuma regra venha a impedir o seu uso nos concertos em Portugal.

Investimos diariamente em artigos como este.
Precisamos do teu investimento para poder continuar.