Experimentámos o novo Samsung Gear VR, feito para o Galaxy S6


Este artigo é gratuito como todos os artigos no Shifter.
Se consideras apoiar o nosso trabalho, contribui aqui.

No último domingo, a Samsung apresentou os Galaxy S6 e uma nova versão do Gear VR, o equipamento de realidade virtual que foi desenvolvido em parceria com a Oculus e que, segundo esta, só vai ganhar uma versão final nos últimos meses do ano. Até lá, a Samsung vai mostrar o produto, preparando – sem grandes alaridos – o mercado.

A gigante já mostrou o Gear VR com o Galaxy Note 4 e agora está a repetir a dose com os Galaxy S6. O Gear VR Innovator Edition foi optimizado para os novos telemóveis da fabricante, alargando a mais utilizadores a experiência de realidade virtual.

A realidade virtual continua a ser uma tecnologia que está numa fase muito embrionária. Por um lado, a imagem oferecida pelos equipamentos existentes no mercado não é comparável com a de uma televisão HD ou 4K. Por outro, a generalidade dos equipamentos são ainda demasiado grandes e feios, o que os tornam desconfortáveis e socialmente estúpidos – teremos, no futuro, óculos VR com o aspecto de óculos de sol?

O novo Gear VR beneficia (ainda) de todas estas limitações tecnológicas, é claro, mas temos consciência delas quando vamos usar o produto. Sabemos que não vamos encontrar a melhor imagem, nem o melhor som, mas queremos experienciar uma outra realidade para ver um filme ou um simples vídeo em 360º.

O Gear VR é dos equipamentos de realidade virtual mais elegantes que já usámos. Como toda a parte de computação está inserida no Galaxy S6, os óculos são relativamente leves e “socialmente aceitáveis”. Uma pequena redução no tamanho e algumas alterações no design melhoraram o conforto do Gear VR relativamente ao seu antecessor. O equipamento conta com o controlador touch lateral (bem ao estilo dos Google Glass), mas a navegação nos menus pode ser feita através do movimento da cabeça.

Os conteúdos – filmes, vídeos, fotografias ou jogos – para o Gear VR estão disponíveis para download a partir da Oculus Store. Uma das demos apresentados pela Samsung em Barcelona leva-nos num voo pela cidade de Nova Iorque entre arrepiantes arranha-céus. Apesar de a qualidade de imagem não ser a melhor, os óculos oferecem uma experiência realmente imersiva. Para quem tem medo de alturas é suficiente um agarrar à cadeira em que está sentado.

O Gear VR ainda não permite uma interação directa do utilizador com o cenário virtual, isto é, os óculos não usam a câmara do Galaxy S6 para captar e reproduzir os movimentos dos braços e mãos do utilizador. Com esta interação e com uma captação e reprodução melhorada de som, a experiência de realidade virtual será quase 100% ideal e imersiva.

gearvrinnovatoredition_02

gearvrinnovatoredition_03

gearvrinnovatoredition_04

Investimos diariamente em artigos como este.
Precisamos do teu investimento para poder continuar.