Gostavas de ir à Ópera no cinema?


Com o objetivo de diversificar a oferta de programação, a UCI Cinemas vai exibir os melhores espetáculos de ballet e de ópera, em direto e em alta-definição, das mais prestigiadas companhias da actualidade nas salas de Lisboa (El Corte Inglés) e do Porto (Arrábida Shopping). A primeira exibição vai acontecer dia 1 de Abril, às 19h15, com a ópera “Ascensão e Queda da Cidade de Mahagonny” da Royal Opera House (preço por bilhete de 14€).

Esta ópera satírica, baseada no libreto de Bertold Brecht, representa o abuso do dinheiro e da busca pelo prazer numa cidade fictícia sustentada pelo crime. Um dos números mais conhecidos da peça de Kurt Weill é “Alabama Song”, que já foi interpretada por artistas como The Doors, David Bowie e Marilyn Manson. Esta encenação da ROH conta a participação dos solistas Anne Sofie von Otter, Peter Hoare, Willard W. White e Christine Rice.

operaucicinemas_02

operaucicinemas_03

operaucicinemas_04

Nos próximos meses, até Julho, os admiradores de ópera e ballet não necessitam de sair do país para assistir, em directo, aos melhores espetáculos de ballet e de ópera de todo o mundo, das companhias: Teatro Alla Scala de Milão, Royal Opera House e Bolshoi Ballet de Moscovo.

O Royal Opera House, situado em Londres foi inaugurado em 1732, e é uma das casas de ópera e de espetáculos mais conceituadas do mundo, assim como o Bolshoi Ballet, surge em 1773 em Moscovo, Rússia, é uma companhia de Teatro Académico para Ópera e Ballet que tem como objetivo proporcionar formação e cultura através do ensino destas artes.

Nas bilheteiras da UCI cinemas, em www.ucicinemas.pt ou nas salas de Lisboa e de Vila Nova de Gaia, os espectadores podem obter os bilhetes para estes espetáculos, assim como usufruir de preços especiais ao adquirir o UCICard.

Próximos espectáculos

“Ivan, o terrível” – Bolshoi Ballet
19 de Abril, 16h00, duração 135 minutos
Autor: Yuri Grigorovich

Com base na música composta por Prokofiev para o filme de “Eisenstein” de 1944, “Ivan, o Terrível”, é um trabalho no verdadeiro estilo Bolshoi. A dramatização épica, poderosa e fascinante por Yuri Grigorovich do reinado polémico de Ivan, o Terrível, retrata acontecimentos do século XVI na Rússia em cenas visualmente deslumbrantes.

“La Fille Mal Gardée” – The Royal Ballet
5 de Maio, 19h15, duração 135 minutos
Autor: Frederick Ashton

Este ballet de Frederick Ashton, que inclui algumas das suas mais brilhantes coreografias, apresenta a história simples de Lise, do seu pretendente Colas e da enérgica viúva Simone — mãe de Lise —, que tenta casá-la com o simplório filho de seu vizinho rico.

“La Bohème” – The Royal Opera
10 de Junho, 19h15, duração 170 minutos
Autor: Giacomo Puccini

Uma chave perdida e o toque de umas mãos frias na escuridão, assim começa um dos maiores romances da história da ópera. Apresentando a vida boémia de Paris no século XIX, esta ópera conta uma história de amor trágica. Uma das mais amadas óperas de todos os tempos. 

“Guilherme Tell” – The Royal Opera
5 de Julho, 14h45, duração 240 minutos
Autor: Giochino Rossini

Explorando o tema da liberdade, esta ópera apresenta a cena icónica onde Guilherme Tell projeta uma flecha na maçã que está em cima da cabeça do seu filho, inspirando a revolta de uma nação. Dirigida por Antonio Pappano, a composição do italiano Gioachino Rossini oferece um final dramático para a temporada.

O Shifter é gratuito e sempre será. Mas, se gostas do que fazemos, podes dar aqui o teu contributo.