Lucros da criadora do ‘Angry Birds’ afundaram 73% em 2014


 

O The Wall Street Journal divulgou que os lucros da empresa criadora do Angry Birds, a Rovio, diminuíram em 73% em 2014. A empresa finlandesa viu, no ano passado, a sua receita cair de 173,5 para 158,3 milhões de euros. Como consequência, os lucros desceram de 36 para 10 milhões de euros.

Contudo, a Rovio aumentou as receitas no que aos jogos diz respeito, agora com um leque de oferta mais alargado do que apenas o Angry Birds, de onde sobressai um jogo inspirado no Flappy Bird. O falhanço está no merchandising ligado à marca e jogo: foi uma queda significativa de 73,1 para 41,3 milhões de euros. Os Telepods, “pássaros” físicos criados para interagir com telemóveis e tablets, também não resultaram.

telepods

No ano passado a empresa já tinha despedido 140 trabalhadores. Uma das esperanças para dar uma volta de 180 graus nestes números é o filme de animação inspirado no Angry Birds, uma longa-metragem em 3D que deverá estrear em maio do próximo ano. A Rovio aliou-se à Sony neste empreendimento cinematográfico que poderá vir a custar cerca de 160 milhões.

O jogo original Angry Birds chegou às lojas de apps em 2009 com um preço de 0,99 euros. Desde aí, foi sendo ultrapassado por títulos de download gratuito, mas com in-app purchases. Um dos jogos mais descarregados actualmente é o Candy Crush, da empresa King Digital Entertainment, que encaixou 2,11 mil milhões de euros no ano passado.

Gostaste do que leste? Quanto vale conteúdo como este?

Trabalhamos todos os dias para te trazer artigos, ensaios e opiniões, rigorosos, informativos e aprofundados; se gostas do que fazemos, apoia-nos com o teu contributo.