O Museu do Futuro vai estar no Dubai


O Dubai pode vir a ganhar um novo atractivo turístico com a construção do Museu do Futuro. Mais uma novidade para a arquitectura da maior cidade dos Emirados Árabes Unidos que recorrentemente é notícia pela extravagância dos edifícios que constrói.

Este novo desafio do Dubai vai ser concretizado até 2017, ano em que o Museu do Futuro deve abrir ao público. A ideia é não só atrair estudantes e turistas, mas principalmente as mentes mais brilhantes do planeta. Como não é fácil descrever por palavras a estrutura deste museu, o melhor é mesmo veres por ti próprio:

O Museu do Futuro resulta de um investimento de 136 milhões e vai ser construído bem perto do edifício mais alto alguma vez construído por humanos: o arranha-céus Burj Khalifa.

Não vai ser um museu normal. Espera-se que o Museu do Futuro seja a casa da inovação no Dubai, “uma incubadora de ideias e de design”, explica um dos responsáveis pelo projectos, um espaço para inventores e empreendedores germinarem os próximos passos do mundo dos negócios. A mensagem é simples: “vamos criar o futuro em vez de o prever”.

O design do novo Museu do Futuro é o mais surpreendente, com as suas curvas e dimensões a desafiarem a gravidade e os cânones da arquitectura.

Esta nova construção é o resultado de um crescente investimento do Dubai nas áreas de inovação tecnológica. A cidade apoiou até uma competição – “Drones For Good” – que recompensou em um milhão de dólares quem encontrou usos humanitários para drones. Foi um modelo de drone à prova de colisões com um sistema de procura e resgate eficaz vindo da Suíça que venceu o prémio.