‘Simpsons‘ homenageiam o co-criador Sam Simon depois da sua morte


Sam Simon, argumentista e co-autor dos Simpsons, morreu dia 8 de Março aos 59 anos de idade em Los Angeles, de cancro colo-rectal. Este domingo, no final do episódio emitido nos Estados Unidos, foi prestada uma pequena homenagem a Simon.

Num pequeno clip que encerra com a mensagem “one of the greatest comic minds ever”, o co-criador da série de animação fala sucintamente da alegria de criar.

[full_width]

[/full_width]

Sam Simon foi diagnosticado com cancro do intestino em 2012 tendo então decidido distribuir a sua fortuna pessoal estimada em 100 milhões de dólares por várias causas, em particular nas áreas da proteção dos animais e das crianças.

O nome de Sam Simon não é o primeiro que vem à cabeça quando se fala em Simpsons. Lembramos-nos mais rapidamente do cartoonista Matt Groening, que deu cor e forma às inconfundíveis personagens, ou do produtor James L. Brooks.

Mas os Simpsons não seriam o que são sem a intervenção de Simon. Em 1989, desenvolveu o projecto que Groening e Brooks criaram, 2 anos antes, para o programa humorístico da actriz Tracey Ullman como uma série autónoma de episódios de 25 minutos. Definiu o “tom, a narração e o nível de humor”, conforma refere um argumentistas da série, Ken Levine, citado pela revista Variety. Simon instituiu, por exemplo, que houvesse um leque alargado de personagens secundárias, que os actores que davam voz às personagens gravassem os diálogos em conjunto no estúdio, e que os argumentistas trabalhassem em equipa.

Sam Simon ficou apenas 4 anos na equipa dos Simpsons, durante os quais ganhou 7 prémios Emmy pelo seu trabalho na série e foi co-autor de uma dúzia de episódios.