Selfies no Chrome? Caixa de correio inteligente? Google Panda? Ah, é 1 de Abril


O primeiro de Abril é definitivamente o dia preferido da Google. Todos os anos a empresa partilha com a comunidade internauta ideias estapafúrdias, na tentativa de lhe fazer acreditar que estas são mesmo produtos reais. Ora este ano não foi excepção.

Já aqui falámos do PAC-MAN no Google Maps e do Google ao contrário.

#ChromeSelfie

Se abrires o Chrome no teu iPhone ou Android e navegares numa qualquer página web, vais encontrar um novo botão no fundo da app que te permite tirar selfie de reacção à página.

chromeselfie

Faz lembrar o conceito do Slingshot (sim, aquela app do Facebook parecida com o Snapchat), em que podemos reagir aos shots dos nossos amigos através de selfies.

No Chrome, só tens de clicar no botão, preparar-te para a câmara e tirar a selfie. O produto final é uma montagem do screenshot da página web com a tua reacção/selfie, que podes partilhar em qualquer rede social.

Smartbox

A Google decidiu adaptar o seu Inbox ao correio físico. O resultado chama-se Smartbox; é uma caixa de correio inteligente, que filtra o spam e organiza as cartas por categorias. Além disso, também te alerta através do telemóvel quando tens novo correio na caixa.

O Smartbox é algo que queremos usar! Por favor, Google, transforma isto num produto real!

Google Panda

Directamente do Japão chega-nos um adorável novo produto chamado Google Panda. É uma espécie de Google Now na forma de boneco físico. Podes falar com ele e obter respostas às tuas perguntas.

Fibra com velocidades muito, muito baixas

Nos Estados Unidos, o Google tem um serviço de internet e televisão por fibra óptica. O Google Fiber está presente em algumas cidades norte-americanas, como Atlanta, Kansas City, San Jose ou Portland. Tal como as nossas operadoras de telecomunicações, oferece internet de 1000 mbps e TV de alta-definição.

A equipa do Google Fiber percebeu, todavia, que o seu serviço estava a tirar qualidade de vida aos norte-americanos. Por isso, “lançou” hoje uma modalidade de dial-up. Internet tão lenta que te vai ajudar a regressar à vida real.