Videochamadas no Messenger


 
O Shifter precisa de dinheiro para sobreviver.
Se achas importante o que fazemos, contribui aqui.

Agora já podes abrir o Messenger no teu telemóvel e fazer videochamadas (gratuitas, claro) com os teus amigos. A funcionalidade foi introduzida em 18 países, incluindo Portugal, Reino Unido e Estados Unidos (nada de Brasil).

As videochamadas só podem incluir duas pessoas no máximo (one-to-one) e podem ser iniciadas a partir de qualquer conversa. O serviço só está disponíveis no telemóvel, através da app do Messenger para iOS e Android, e funciona quer em 3/4G, quer em wi-fi.

messengervideocalls_01

Infelizmente o Facebook não integrou estas videochamadas com o actual sistema presente em desktop. Num computador, podes desde 2011 realizar videochamadas individuais com os teus amigos. Na altura, a ferramenta foi desenvolvida em conjunto com o Skype, mas foi posteriormente redesenhada na infra-estrutura própria do Facebook. Até porque a empresa de Mark Zuckerberg é cada vez mais um concorrente ao serviço agora detido pela Microsoft, mas também ao FaceTime da Apple ou ao Google Hangouts.

messengervideocalls_02

messengervideocalls_03

O Messenger tem 600 milhões de utilizadores, recorde-se. As videochamadas estão disponíveis a partir de hoje nestes países: Bélgica, Canadá, Croácia, Estados Unidos, Dinamarca, França, Grécia, Irlanda, Laos, Lituânia, México, Nigéria, Noruega, Oman, Polónia, Portugal, Reino Unido e Uruguai. O serviço será lançado em outras regiões nos próximos meses, de acordo com o Facebook.

A empresa está também a trabalhar em videochamadas de grupo.

Se não conseguirmos aumentar o número de patronos, a 2ª edição da revista será a última, e o Shifter como o conheces terminará no final de Dezembro. O teu apoio é fundamental!