O que mais queremos fazer na 85ª Feira do Livro de Lisboa


A 85ª edição da Feira do Livro de Lisboa começa hoje e, como qualquer evento com efeito polarizador sobre os lisboetas, o Shifter tem um guia das actividades mais animadas para ti. Este ano, temos variedade para recomendar muitos momentos diferentes, quase todos irrepetíveis.

Este é um evento que levou meio milhão de pessoas ao Parque Eduardo VII em 2014 e que esperamos, tal como a organização, que seja ainda maior este ano. A 85ª edição da Feira do Livro de Lisboa termina dia 14 de Junho.

Sermos ouvidos pela Granta

30 de Maio, 17h00

Depois de quatro números de sucesso e de nos terem oferecido contos de inúmeros autores nacionais e internacionais, a Granta passa para o seu próximo passo, um lógico número cinco. Baptizada com o tema “Falhar Melhor” – inspirado na icónica frase de Samuel Beckett, vai ser alvo de debate para todos os interessados nesta edição da feira. Vai ter lugar na Praça Laranja, no lugar das edições Tinta da China, dia 30 de Maio às 17h00. Carlos Vaz Marques vai estar acompanhado de vários autores da revista neste debate que não queremos perder.

Termos autógrafos para todos os gostos

5 de Junho, 17h30 / 6 de Junho, 16h00 / 7 de Junho, 16h00

Para quem gosta de livros autografados, poucos eventos permitem tantas assinaturas como a Feira do Livro de Lisboa. São muitos e variados, mas decidimos destacar o movimento na praça da Porto Editora, onde se sucedem os bons autores. Dia 5 de Junho às 17h30 vamos ver Gonçalo M. Tavares, no dia seguinte às 16h00 apresenta-se José Rentes de Carvalho e a logo de seguida, dia 7 às 16h00, vai ser a vez de José Eduardo Agualusa – que acaba de lançar livro novo. Ainda assim acreditamos que não programar autógrafos e ser surpreendido de forma agradável por um autor é das melhores coisas do evento.

Ler bons livros em conjunto

6 de Junho, 18h00

Este ano vamos ter vários eventos de Clube de Leitura, uma experiência que aproxima sempre os leitores, sobretudo os que têm gostos parecidos. Na edição deste ano temos todo o interesse em ser parte da Comunidade de Leitores LeYa em Grupo, onde a escritora Inês Pedrosa vai conversar sobre o seu último romance Desamparo – é dia 3 de Junho às 21:30. Mas para quem quiser debater a obra O Tempo Morto, É Um Bom Lugar de Manuel Jorge Marmelo – obra recebida com belas críticas – pode passar na Praça Amarela com a Comunidade de Leitores da Biblioteca Municipal José Saramago. Vai ser dia 6 de Junho às 18h00.

Ver um lançamento histórico

14 de Junho, 15h00

Dia 14 de Junho às 15h00 temos o lançamento do livro Sobre o Fascismo, a Ditadura Militar e Salazar de Fernando Pessoa. Um dos nossos maiores poetas a escrever sobre política? Sim, é verdade, e José Barreto, que organizou a obra, vai lá estar a criticar as teses não documentadas de que Pessoa era um adepto convicto de Salazar. Para ajudar à apresentação vai estar Jerónimo Pizarro, um dos nossos pessoanos favoritos. É o momento para sabermos quanto o nosso antigo poeta estava contra o antigo regime.

E fazer algo completamente diferente

2 de Junho, 16h00

Da oferta de workshops presentes nesta Feira do Livro, apontámos para o irrepetível. E que tal um Yoga com vista para o Tejo? É dia 2 de Junho às 16h00 e vai acontecer no Stand BLX. Vamos partir das técnicas do Yoga para aspectos fundamentais da nossa vida como a respiração, o relaxamento e, claro, a nossa capacidade de sonhar.

 

(foto: João Porfírio / Shifter)