Depois da “nega” do Twitter, o Meerkat virou-se para o Facebook


Este artigo é gratuito como todos os artigos no Shifter.
Se consideras apoiar o nosso trabalho, contribui aqui.

Diz a lei da concorrência que, para que o teu rival no mercado não te passar à frente, é preciso estar em constante movimento e criar novas formas de chamar à atenção. O Meerkat, um serviço de live streaming para iOS, anunciou esta semana novas funcionalidades que visam “combater” o concorrente Periscope, do Twitter, que foi lançado há algumas semanas.

O sucesso que a Meerkat tem vindo a adquirir graças do Twitter, pelo facto de poder utilizar certas funcionalidades da rede social do pássaro azul, chegou ao fim pouco tempo depois de o próprio Twitter ter lançado o Periscope, que tem neste momento um maior mediatismo do que o próprio Meerkat.

Um estudo da empresa Zignal Labs, indica que o Periscope teve 49% mais menções durante o Coachella que o Meerkat. Já a App Annie, uma empresa que se dedica a a analisar a popularidade das apps, refere que a app do Twitter está no top 1o das apps sociais nos Estados Unidos, enquanto que o Meerkat ocupa a posição 70. Não é Por outro lado, números oficiais de cada uma das empresas dizem que o Meerkat tem de momento, nove semanas depois do seu lançamento, 2 milhões de utilizadores e que o Periscope ganhou 1 milhão de utilizadores em apenas 10 dias.

meerkatnovidades

Como resposta, Ben Rubin, CEO e fundador do Meerkat, acrescentou novas opções à app de livestreaming, entre as quais se destaca a opção de registo/login com uma conta Facebook. A integração com a rede social Zuckerberg estende-se também à possibilidade de marcas partilharem livestreams directamente na sua página.

Para além de suporte para novos emojis, o “novo” Meerkat – que disponibilizou também uma nova app para Android (algo que a Periscope ainda não tem) – traz ainda uma opção de integração com a lista de contactos, para que se possam descobrir contactos na app e formentar o networking.

A última novidade, para já, do Meerkat é uma espécie de algoritmo chamado “mobbing”, que vai encontrar livestreams populares e destacá-los no feed da app.

O Meerkat lançou também a sua API para programadores. A empresa quer as suas ideias para fazer frente ao Periscope.

Investimos diariamente em artigos como este.
Precisamos do teu investimento para poder continuar.