Se tudo correr bem, o Dubai vai ter robôs a policiar as ruas em 2017


O plano ambicioso dos Emirados Árabes Unidos inclui robôs interactivos a policiar as ruas do Dubai no ano de 2017. De acordo com a RT, a ideia é que “robôs totalmente inteligentes” já andem pelas ruas no final desta década. Se a imagem de teres uma espécie de Robocop pelas ruas te parece estranha, esse pode ser o cenário daqui a um par de anos.

“Tentamos providenciar este tipo de serviços ao ritmo a que a população se expande. Assim, conseguimos fornecer melhores serviços sem contratar mais pessoas”, disse o coronel Khalid Nasser Alrazooqi, que está a frente da unidade ‘smart’ da cidade, segundo o RT.

Para além disso, “os robôs vão interagir directamente com pessoas e turistas, sem intervenção humana. Isto ainda está sob pesquisa e desenvolvimento, mas estamos a planear que assim seja”, revelou ainda.

Com uma população reduzida, vários fundos e desejos de se projectar como um líder mundial da tecnologia, o Dubai está confiante que, em breve, terá a força policial mais avançada e desenvolvida do mundo. O ano passado, a polícia começou a usar o Google Glass (#wearable tech para combater o crime).

Este é um plano que não se sabe se vai ou não ser cumprido no prazo estimado, mas inúmeras empresas estão a trabalhar com tecnologias cada vez mais avançadas, ainda ao nível de protótipos.

Por exemplo, já o ano passado a polícia americana começou a testar o uso de drones em várias missões. O uso de drones por agentes de autoridade foi amplamente debatido e já se encontra em uso em vários países.

A start-up Knightscope, situada em Sillicon Valley, está a trabalhar num robô usado para prevenir o crime em escolas e bairros. O Knightscope (o protótipo do K5 beta) tem pouco mais de metro e meio e mais de 130 kg, anda entre 1 a 4 km/h e pode ir até ao máximo de 28 km/h. Detecta o crime através de uma câmara de vídeo, infravermelhos, um medidor de distâncias a laser, um radar, sensores da qualidade do ar e um microfone. Ao detectar temperatura ou barulho excessivo, ou criminosos conhecidos, alerta as autoridades.

knightscope

A empresa diz que está, neste momento, a procura de contractos com agências de segurança e o Dubai pode ser o próximo cliente.